header top bar

section content

Adolescente morre após ser atingida por tiros na cabeça

Ela dirigia carro quando foi abordada por suspeitos em motocicleta.

Por G1

26/03/2018 às 11h24 • atualizado em 26/03/2018 às 08h31

Jovem de 17 anos foi baleada e morreu em São José do Rio Preto (SP) (Foto: Reprodução/Instagram)

Uma adolescente de 17 anos morreu depois que foi baleada na cabeça na tarde de sábado (24), na avenida Danilo Galeazzi, no bairro João Paulo 2, em São José do Rio Preto (SP).

De acordo com informações obtidas no boletim de ocorrência, Rafaela Fernanda Bugati dirigia um carro quando uma motocicleta se aproximou.

O garupa atirou contra a cabeça da jovem e, ferida, ela perdeu o controle do carro e parou na fachada de uma loja.

Ainda conforme o registro policial, ela desceu do veículo e tentou fugir a pé, mas os criminosos a seguiram e dispararam novamente contra a adolescente.

Rafaela chegou a ser socorrida e encaminhada à unidade de pronto atendimento, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito de cometer o crime havia sido preso. A Polícia Civil investiga o caso e o fato da garota, menor de idade, estar dirigindo um carro no momento em que foi baleada.

O velório da jovem começou na tarde deste domingo (25), no cemitério Jardim da Paz. O enterro está previsto para 14h desta segunda-feira (26), no mesmo local.

G1

Fonte: G1 - https://g1.globo.com/sp/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/adolescente-morre-apos-ser-atingida-por-tiros-na-cabeca-em-rio-preto.ghtml

Recomendado para você pelo google

SANTA MARIA

VÍDEO: Faculdade de Cajazeiras é contraponto a injustiças sociais e falta de ‘gentilezas’, diz diretora

EXAME E ÓCULOS GRATUITO

VÍDEO: Caravana da Visão da Energisa vai beneficiar quase 600 crianças em Cajazeiras até sexta-feira

OPOSIÇÃO NA ASSEMBLEIA

VÍDEO: Júnior se acosta às críticas de Dra. Paula à gestão de Cajazeiras e revela que tem mais denúncias

POBREZA EXTREMA

VÍDEO: Desempregada, doente e grávida, mulher faz apelo por ajuda em Cajazeiras para não passar fome