header top bar

section content

Pistoleiro de 50 anos acusado de matar policial civil em Sousa é preso no sul do país

O pistoleiro, acusado de matar o policial civil Silvio José Brasileiro da Silva, conhecido como "Brasileiro", e outros homicídios, será transferido para a Paraíba onde ficará a disposição da justiça.

Por Campelo Sousa

30/10/2018 às 13h07 • atualizado em 30/10/2018 às 13h08

De acordo com testemunhas, a dupla não teve os assaltos concretizados na época, pois a população se revoltou e tentou linchá-los até a chegada da Polícia Militar.

Em uma ação conjunta entre a Polícia Civil de Rolândia, no Paraná e a 19ª Seccional de Polícia Civil da cidade de Sousa, sertão da Paraíba, conseguiram efetuar a prisão de um homem de 50 anos, acusado de ter assassinado um policial civil na cidade de Sousa, e praticar outros crimes nos estados do Goiás e no Paraná.

A prisão aconteceu no final da tarde de segunda-feira (29), após minuciosa investigação dos agentes da delegacia de Rolândia, onde receberam informações que o fugitivo da justiça paraibana, estaria residindo e trabalhando na cidade, usando nome falso.

Um cerco foi montado e o acusado foi abordado e preso.

O pistoleiro, acusado de matar o policial civil Silvio José Brasileiro da Silva, conhecido como “Brasileiro”, e outros homicídios, será transferido para a Paraíba onde ficará a disposição da justiça.

DIÁRIO DO SERTÃO

AUMENTO DA DOENÇA

CORONAVÍRUS: Em 26 dias, casos confirmados crescem 140% em Sousa comparados com Cajazeiras

VEJA A LISTA DE BAIRROS

VÍDEO: Cajazeiras soma 63 casos de Covid-19; Centro e bairro São Francisco lideram em número de casos

ISOLAMENTO SOCIAL

VÍDEO: Secretaria de Educação de Santa Terezinha-PB inova com aulas no YouTube e em programa de rádio

"TIVE VERGONHA ALHEIA"

VÍDEO: “País está entregue a um bando de aloprados”, diz jornalista sobre vídeo de reunião ministerial

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!