header top bar

section content

Pistoleiro de 50 anos acusado de matar policial civil em Sousa é preso no sul do país

O pistoleiro, acusado de matar o policial civil Silvio José Brasileiro da Silva, conhecido como "Brasileiro", e outros homicídios, será transferido para a Paraíba onde ficará a disposição da justiça.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

30/10/2018 às 13h07 • atualizado em 30/10/2018 às 13h08

De acordo com testemunhas, a dupla não teve os assaltos concretizados na época, pois a população se revoltou e tentou linchá-los até a chegada da Polícia Militar.

Em uma ação conjunta entre a Polícia Civil de Rolândia, no Paraná e a 19ª Seccional de Polícia Civil da cidade de Sousa, sertão da Paraíba, conseguiram efetuar a prisão de um homem de 50 anos, acusado de ter assassinado um policial civil na cidade de Sousa, e praticar outros crimes nos estados do Goiás e no Paraná.

A prisão aconteceu no final da tarde de segunda-feira (29), após minuciosa investigação dos agentes da delegacia de Rolândia, onde receberam informações que o fugitivo da justiça paraibana, estaria residindo e trabalhando na cidade, usando nome falso.

Um cerco foi montado e o acusado foi abordado e preso.

O pistoleiro, acusado de matar o policial civil Silvio José Brasileiro da Silva, conhecido como “Brasileiro”, e outros homicídios, será transferido para a Paraíba onde ficará a disposição da justiça.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática