header top bar

section content

Número de homicídio na área do 12º BPM em 2018 cai 31% em relação ao ano anterior

De janeiro a dezembro, houve 39 homicídios na área do batalhão, que compreende 12 cidades.

Por Luzia de Sousa

02/01/2019 às 10h30

Homicídio cai na área do 12º BPM

O 12° Batalhão de Polícia Militar de Catolé do Rocha registrou uma significativa redução de homicídios na área da Unidade no ano de 2018 em relação ao ano de 2017.

De janeiro a dezembro, houve 39 homicídios na área do batalhão, que compreende 12 cidades (Bom Sucesso, Belém do Brejo do Cruz, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Catolé do Rocha, Jericó, Lagoa, Mato Grosso, Riacho dos Cavalos, Paulista, São Bento e São José do Brejo do Cruz). Nos doze meses de 2017, foram registrados 57 homicídios, uma redução portanto de 31,5%. Em algumas cidades não houve nenhum homicídio em 2018 (Mato Grosso, São José do Brejo do Cruz e Riacho dos Cavalos).

Em Catolé do Rocha, sede do batalhão, a redução foi ainda maior: 58%. Foram 17 assassinatos em 2017 enquanto que no ano de 2018 foram registrados 7 homicídios.

No segundo semestre de 2018, a redução na área foi de 36% em relação ao mesmo período de 2017. Com isso, foi atingido a meta mínima de redução de 10% nos CVLI’s (Crimes Violentos Letais Intencionais) do Programa Paraíba Unida pela Paz (PPUP), que é um programa do Governo do Estado da Paraíba, instituído pela Lei 10.327/2014, que contempla agentes de segurança que atinjam a meta de redução de crimes contra a vida nos territórios onde exercem suas atividades.

Essa redução se deve ao árduo e integrado trabalho entre Polícia Militar do 12º BPM e Polícia Civil da 18ª DSPC de Catolé do Rocha, cujos policiais não medem esforços e se empenham ao máximo buscando a redução da criminalidade na região.

E o trabalho ostensivo e preventivo da Polícia Militar segue diuturnamente, seja através de rondas de rotina, seja por meio de operações policiais, com blitz e abordagens a pessoas e veículos, em bares e similares bem como em locais onde há maiores incidências de homicídios e outros delitos.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Governador rebate declaração de Gervásio Maia: “É mentira. A Cagepa vai continuar uma empresa pública”

ESPORTE E EDUCAÇÃO

VÍDEO: Colégio Nossa Senhora do Carmo, em Cajazeiras, encerra o ano letivo 2019 com Olimpíadas Internas

ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO

VÍDEO: Conselheiros do OD se confraternizam em Cajazeiras e já iniciam debates sobre as ações para 2020

EDUCAÇÃO E EMPREGO

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe coordenadora e estudantes do Núcleo de Empregabilidade da FSM