header top bar

section content

FEMINICÍDIO! Jovem sertaneja da região de Cajazeiras é morta a facadas pelo marido em São Paulo

A Polícia foi até o local e encontrou o corpo da vítima no chão do quarto, ao lado da cama, com ferimentos provocados pelas facadas

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

11/03/2019 às 08h49 • atualizado em 11/03/2019 às 09h07

Jovem foi morta a facadas pelo próprio marido (foto: arquivo familiar)

A jovem Nayara Justino Lima, de 26 anos, natural da cidade de Uiraúna, Sertão da Paraíba, foi assassinada a facadas na madrugada deste domingo (10) no bairro Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. O autor do crime foi o esposo da vítima, Jucélio Alexandre da Silva, de 45 anos, que é natural do Sítio Ramada, zona rural de São Francisco, Sertão da Paraíba.

Segundo a polícia, o crime aconteceu por volta das 5h e só foi descoberto depois de Jucélio ter procurado o irmão para deixar o filho de 2 anos com ele, dizendo que tinha feito uma besteira.

A Polícia foi até o local e encontrou o corpo da vítima no chão do quarto, ao lado da cama, com ferimentos provocados pelas facadas. O marido ainda está sendo procurado pela polícia. A arma foi apreendida.

Veja também: Acidente entre moto e animal deixa mulher morta e marido ferido na BR 230

A motivação do crime está sendo investigada pela Polícia Civil.

Nayara tinha 26 anos (foto: arquivo familiar)

O corpo será transladado até a cidade de Uiraúna. O local do velório ainda não foi informado pelos familiares.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

É GRAVE

VÍDEO! Moradores reclamam da falta de exames no laboratório municipal em Patos: “Não tem nem de sangue”

'QUEDA DE BRAÇO'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB Nacional afirma que disputa entre advogados e juízes não gera ‘fissuras’

OUTUBRO ROSA

VÍDEO: Cajazeirense relata sua luta contra o câncer de mama e deixa mensagem de otimismo para mulheres

CRÍTICAS A BOLSONARO

VÍDEO: Professora cita problemas na UFCG e alerta para ‘desmonte criminoso das universidades públicas’