header top bar

section content

Homem de 43 anos é preso por não pagar pensão alimentícia na cidade de Sousa

A ordem veio do Juiz, determinando o encaminhamento do homem para a Colônia Penal Agrícola de Sousa.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/03/2019 às 09h19

Ele acabou preso e a arma apreendida pela PM

Um homem de 43 anos foi preso na tarde de terça-feira (12), por Policiais militares do 14º Batalhão de Polícia Militar, no Fórum da Comarca de Sousa, Sertão do estado, por haver um débito de pensão alimentícia de seu filho.

A ordem veio do Juiz, determinando o encaminhamento do homem para a Colônia Penal Agrícola de Sousa.

Uma equipe do Pelotão de Rádio Patrulhamento, após a execução da ordem judicial, apresentou o mesmo no ergástulo estadual, onde ficará à disposição da justiça.

PENSÃO ALIMENTÍCIA
É garantido por lei, o direito de um filho receber aporte financeiro de seu genitor. O pai ou a mãe podem até negar o afeto e a companhia, mas não podem deixar de cumprir com suas obrigações no sustento dos filhos que ainda não tem condições de prover o próprio sustento.

PRISÃO
A prisão civil por falta de pensão alimentícia é um pedido feito ao juiz pelo responsável da criança a quem deveria ser paga a pensão e pode ser solicitada após um mês de inadimplência. O período de prisão varia de um a três meses.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ASSISTA À ENTREVISTA

EXCLUSIVO: Em Cajazeiras, Ciro Gomes fala sobre Lula, PT, Bolsonaro, Ricardo, João Azevêdo e eleições

VÍDEO

Empresário revela convite das oposições de Cajazeiras para disputar a prefeitura e derrotar Zé Aldemir

EVENTO CATÓLICO

VÍDEO: I Adora Cristo é sucesso em Cajazeiras, e coordenador da Missão Éfeso acredita em crescimento

SAÚDE BUCAL

VÍDEO: ortodontista sousense revela se é possível rejeição em casos de implantes dentários