header top bar

section content

EXCLUSIVO: Comandante da polícia revela detalhes da explosão a banco em São João do Rio do Peixe

O comandante revelou que o bando não conseguiu explodir todos os caixas eletrônicos, pois deixaram cair duas dinamites.

Por Luzia de Sousa

14/08/2019 às 15h56 • atualizado em 14/08/2019 às 18h11

O comandante da Polícia Militar em São João do Rio do Peixe, o Tenente Joserley Oliveira, em entrevista à TV Diário
do Sertão falou sobre a explosão a agência bancária na madrugada desta quarta-feira (14).

VEJA TAMBÉM: Bando fortemente armado invade São João do Rio do Peixe e aterroriza população em assalto a banco

Joserley informou que o bando usou a mesma tática de outros assaltos a banco, espalhando grampos na rodovia para dificultar a chegada da polícia.

O comandante disse que criminosos ficaram próximos a sede da companhia efetuando disparos, além de manter guardas municipais como reféns.

Ele disse que a polícia saiu em perseguição aos suspeitos até o Sítio Jerimum, Zona Rural do município, onde conseguiram esconder a S10 de cor branca em uma “roça”.

De acordo com o tenente, populares que estavam em um restaurante vizinho a agência também foram feitos reféns.

Os bandidos incendiaram um veículo na entrada da cidade para dificultar ação policial. Foto: Redes sociais

O comandante revelou que o bando não conseguiu explodir todos os caixas eletrônicos, pois deixaram cair duas dinamites.

“A S10 estava com cinco pessoas, mas há informes que havia outras pessoas na cidade”, contou Joserley, que também pediu ajuda da população no sentido de passar alguma informação de forma sigilosa.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Corpo jovem desaparecida é encontrado em avançado estado de decomposição; amiga fala da relação com o ex

AO VIVO

ESPECIAL: Sessão da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba em Cajazeiras – 156 anos

VÍDEO

Em entrevista no Sertão, presidente da Assembleia revela distanciamento entre Ricardo e João Azevêdo

VÍDEO

Testemunha dá detalhes de assalto que deixou funcionário de concessionária de Cajazeiras baleado