header top bar

section content

Celular de Naldo passará por perícia para que a polícia tente rastrear seu trajeto e localizar Ceiça

O motorista Jozinaldo Queiroga da Costa foi encontrado morto em Quixaba na tarde de sexta-feira, mas sua ex-esposa Maria da Conceição, de 32 anos, segue desaparecida

Por Jocivan Pinheiro

18/08/2019 às 15h58 • atualizado em 18/08/2019 às 16h02

Jozinaldo Queiroga da Costa (Naldo) e Maria da Conceição (Ceiça)

O celular do motorista Jozinaldo Queiroga da Costa, que foi encontrado morto em uma casa abandonada no sítio Quixaba Velha, município de Quixaba, no sertão do estado, está em posse da polícia e passará por uma perícia para que os investigadores tentem rastrear o trajeto dele e com isso achar pistas do paradeiro da sua ex-esposa, a comerciária Maria da Conceição, conhecida como Ceiça, de 32 anos, que está desaparecida desde quinta-feira (15).

Naldo, como era mais conhecido, tinha 33 anos e era motorista da Prefeitura de Quixaba. Segundo informações obtidas pela polícia, ele teria ido buscar a ex-esposa no trabalho dela e desde então ela permanece desaparecida.

VEJA TAMBÉM: Após ex-marido ser encontrado morto, 30 pessoas iniciam busca por mulher desaparecida na região de Patos

Naldo foi encontrado morto no sítio Quixaba Velha na tarde de sexta-feira. A principal hipótese é de que ela tenha cometido suicídio por enforcamento.

A família de Ceiça mora no bairro Monte Castelo, Zona Sul de Patos, e disponibilizou o número de telefone (83) 98174-0713 para receber informações sobre o paradeiro dela.

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

RESGATE HISTÓRICO

VÍDEO: Memorialista que conviveu com Luiz Gonzaga diz que havia incompatibilidade ente ele e Gonzaguinha

'CIDADE EDUCADORA'

VÍDEO: Na Câmara, professores aplaudem prefeito de Monte Horebe por aumento salarial acima do piso

HISTÓRIA DE FÉ

VÍDEO: Padre é homenageado com placa e exposição de seus objetos na Capela dos Remédios, em Cajazeiras

INDIGNADO

VÍDEO: Padre cobra investigação minuciosa de suposto esquema de desvio de medicamentos em Cajazeiras