header top bar

section content

VÍDEO: Delegado dá detalhes da prisão de jovem suspeito de assassinar a esposa de 17 anos em Sousa

O acusado tem passagem pela polícia por roubo em Sousa e outros antecedentes criminais registrados em João Pessoa e Pernambuco

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

05/09/2019 às 09h28 • atualizado em 05/09/2019 às 10h39

Uma operação de investigação realizada pelo Grupo Tático Especial (GTE) da polícia civil, prendeu no início da tarde desta quarta-feira (04) próximo ao Fórum da cidade o jovem suspeito de ter assassinado a esposa na tarde desta terça-feira (03) em Sousa, no Sertão paraibano.

Irisvânia da Silva, mais conhecida como “Irinha”, de 17 anos, foi morta com um tiro de espingarda 12 nas costas efetuado pelo próprio companheiro que fugiu em uma moto após o crime.

Em sua participação no Programa Olho Vivo da TVDS, o delegado Ilamilton Simplício, disse que a polícia apreendeu várias pedras de crack e uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira na residência onde o crime aconteceu, indicando que lá era um ponto te venda de drogas.

“O acusado tem passagem pela polícia por roubo em Sousa e outros antecedentes criminais registrados em João Pessoa e Pernambuco”, finalizou o delegado.

Vítima tinha apenas 17 anos (foto: arquivo familiar)

O suspeito foi levado à delegacia de Polícia Civil e e poderá responder pelos crimes feminicídio e tráfico de drogas.

Veja mais:
EXCLUSIVO: Delegado revela detalhes da investigação do assassinato de adolescente

Adolescente de 17 anos é assassinada com tiro de espingarda pelo marido em Sousa

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática