header top bar

section content

Vigilante alvejado à tiros no feriado da independência em Sousa, não resiste e morre no HRS

A polícia civil está investigando o caso, mas até o momento ninguém foi preso.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

09/09/2019 às 09h09

Faleceu na noite do feriado da independência (07) em Sousa, Sertão do estado, o vigilante João Neto dos Santos de 49 anos, assassinado à tiros em plena via pública.

O vigilante estava transitando próximo a sua casa, no bairro Jardim Sorrilândia II, quando acabou sendo surpreendido por dois homens em uma moto preta. Eles se aproximaram da vítima e efetuaram vários disparos à queima roupa, em seguida, ao ver o vigilante caído no chão, foragiram do local.

João Neto ainda foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Regional de Sousa, mas devido a gravidade dos ferimentos, ele acabou não resistindo e vindo a óbito horas depois.

O corpo foi encaminhado para o NUMOL da cidade de Patos, e posteriormente liberado para a família.

A polícia civil está investigando o caso, mas até o momento ninguém foi preso.

O que teria motivado o crime ainda não foi divulgado.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

No Sertão, Ricardo Coutinho rebate presidente da assembleia e manda recado duro para governador da PB

SAÚDE PÚBLICA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe especialista em saúde pública e fala de práticas integrativas do SUS

DESCONTRAÇÃO

VÍDEO: Sucesso na internet, Gleyfy Brauly e MC Nem animam o programa Xeque Mate dessa semana

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Ricardo diz que sabia de ‘inimigos’ no governo, diz que PSB estava acomodado e alerta Azevêdo