header top bar

section content

Capitão da PM conta que vítima de tiros em Cajazeiras fez revelação sobre crime antes de morrer

Helinho foi vítima de tiros, não resistiu a gravidade dos ferimentos e faleceu no bloco cirúrgico do Hospital Regional de Cajazeiras.

Por Luzia de Sousa

16/09/2019 às 17h20

O Capitão Furtado, do 6º Batalhão de Polícia Militar falou sobre a tentativa de homicídio sofrida por Hélio Matias Nunes, mais conhecido por Helinho, 59 anos de idade.

VEJA TAMBÉM: Homem atingido por tiros não resiste aos ferimentos e morre no Hospital Regional de Cajazeiras

Helinho foi vítima de tiros, não resistiu a gravidade dos ferimentos e faleceu no bloco cirúrgico do Hospital Regional de Cajazeiras, Sertão da Paraíba.

O capitão revelou que antes de morrer a vítima disse que o atentado não foi assalto, mas não soube informar sobre a autoria dos disparos que sofreu.

Ele explicou que o crime não teve testemunhas, e a polícia está realizando diligências na tentativa de identificar os suspeitos.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ex-ministro da Justiça afirma que Lula é inocente e defende anulação da sentença pelo STF

VÍDEO

Delegada da Mulher de Patos declara que aumento de feminicídios na região chama atenção pela crueldade

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

VÍDEO: Comitê Pró-HU do Sertão volta de Brasília otimista com possível aumento de recursos para a obra

123 DIAS

VÍDEO: Dra. Paula pede licença na Assembleia para cuidar da saúde; ela passará por duas cirurgias