header top bar

section content

Dona de farmácia é presa suspeita de venda ilegal de medicamento abortivo no Sertão da Paraíba

Segundo a Polícia Civil, a mulher comercializava e armazenava o medicamento há alguns meses, mas foi presa nessa terça-feira.

Por Luzia de Sousa

16/10/2019 às 05h56

Medicamento apreendido (Foto: Polícia Civil)

Motivada por denúncia anônima, a Polícia Civil de São Bento prendeu nessa terça-feira (15), a proprietária de uma farmácia, suspeita de comercializar ilegalmente medicamento abortivo.

VEJA TAMBÉM: Acidente de carro deixa uma pessoa morta e três feridos entre Bonito e Conceição, segundo a polícia

Segundo a Polícia Civil, a mulher comercializava e armazenava o medicamento há alguns meses, mas foi presa nessa terça-feira.

De acordo com a polícia, ela foi presa em flagrante pelo Grupo Tático Especial com a quantia de 62 comprimidos de um remédio usado no tratamento e prevenção de úlcera do estômago, para induzir o parto, que é abortivo.

No momento da prisão, segundo a polícia, a mulher assumiu a responsabilidade pela venda do medicamento e foi levada à delegacia.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHORRO X CACHORRO

VÍDEO: Imagens mostram cachorro sendo atacado por pitbull no Vale do Piancó; mulheres ficaram feridas

CASO EXTREMO

VÍDEO: Promotor esclarece se o Ministério Público pode exigir decreto de lockdown no Cariri cearense

NOVA SEDE

VÍDEO: Time fundado em Cajazeiras se muda para Itaporanga e ex-presidente desabafa: ‘Paraíba está vivo’

AUTOCRÍTICA

VÍDEO: PT admite erro ao se aliar com Zé Aldemir em 2016 e lança nome para Eleição 2020 em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!