header top bar

section content

Esponja de lavar louça é usada para proteger celulares jogados dentro de presídio no Sertão da PB

Agentes conseguiram encontrar os celulares antes que os detentos tomassem posse do material

Por Jocivan Pinheiro

19/10/2019 às 16h52 • atualizado em 19/10/2019 às 16h56

Os aparelhos estavam protegidos por esponjas de lavar louça para amortecer a queda

Agentes penitenciários do Presídio Padrão Manoel Alves da Silva, em Catolé do Rocha, apreenderam quase dez celulares que foram arremessados para dentro da unidade prisional nesta sexta-feira (18). A intenção de quem arremessou os aparelhos era fazer eles chegarem às mãos de detentos.

Os agentes conseguiram encontrar os celulares antes que os detentos tomassem posse do material. Chama atenção o fato de que os objetos estavam protegidos por esponjas de lavar louça para amortecer a queda e não danificá-los.

Celulares em TV’s

No mês passado um homem e uma mulher foram presos após serem flagrados tentando entrar com celulares escondidos dentro de televisores na Penitenciária Padrão Regional de Cajazeiras.

Segundo o diretor do presídio, Talles Almeida, o flagrante ocorreu no momento em que dois televisores passaram pelo aparelho de raio x. Ele explicou que dentro das TV’s estavam 16 celulares, chips, carregadores e fones de ouvido.

VEJA TAMBÉM

Adolescentes são apreendidos com drogas, 17 celulares e vários objetos na região de Catolé do Rocha

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

QUE VENHA!

VÍDEO! Profeta da chuva revela a previsão para o inverno no Sertão da Paraíba: “Serão 9 meses de chuva”

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas