header top bar

section content

Mais um integrante de organização criminosa é preso pela Polícia Civil na região de Catolé do Rocha 

Com a prisão realizada na manhã deste sábado (21), a Polícia Civil da Paraíba contabiliza cinco presos em menos de uma semana na região.

Por Juliana Santos

21/11/2020 às 15h34

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia por meio do 197. (Foto: Divulgação)

Mais uma prisão de integrante de organização criminosa foi realizada na manhã deste sábado (21), no município de Brejo dos Santos, no Sertão paraibano. Com isso a Polícia Civil da Paraíba contabiliza cinco presos em menos de uma semana na região.

A ação foi realizada pela equipe da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Patos, junto com a Força Tarefa da Polícia Civil, comandada pelo delegado Reinaldo Nóbrega.

De acordo com o delegado a foi cumprido mais um mandado de prisão de homem, que teve sua identidade preservada face à legislação vigente. Ele acusado de integrar uma organização criminosa, na região de Catolé do Rocha.

VEJA TAMBÉM

Polícia prende quatro suspeitos de chefiar tráfico de drogas na cidade de Catolé do Rocha

O preso foi encaminhado para realização de exame de corpo de delito e em seguida levado ao Presídio Padrão de Catolé do Rocha.

Polícia Civil pede a colaboração da população, que caso tenha alguma informação possa entrar em contato pelo disque-denúncia por meio do número 197. A ligação é gratuita e anônima. Se o denunciante não queira se identificar sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

DIÁRIO DO SERTÃO

PEGA LADRÃO 2

VÍDEO: Suspeito de arrombar loja no centro de Cajazeiras durante a madrugada é preso em operação da PC

VITORIOSA

VÍDEO: Pollyana Dutra relata desafios de ser eleita deputada mulher e sem ter sobrenome forte

CONFUSÃO

VÍDEO: Em Sousa, radialista diz que vereador invadiu estúdio para ameaçá-lo, mas parlamentar nega

"ESCANTEADO"

VÍDEO: Vereador diz que vice-prefeito de Piancó foi usado na campanha e chama o prefeito de ditador

Recomendado pelo Google: