header top bar

section content

Homem é executado com sinais de crueldade em João Pessoa

Segundo perícia, a vítima sofreu golpes de picareta na cabeça. Um homem que estava no local foi preso.

Por Luiz Adriano

23/01/2021 às 11h07

Viatura - Polícia Civil/PB - Homicídios (Foto: ilustrativa)

Um homem foi assassinado na noite desta sexta-feira (22) em João Pessoa. Segundo informações da polícia, o cadáver foi encontrado em uma mata de difícil acesso entre os bairros do Rangel e Jaguaribe. Conforme a PM, o corpo apresentava indícios de tortura e suposta morte por golpes de picareta. Os policiais informaram que o rosto da vítima ficou deformado.

Segundo a Polícia Científica que realizou perícia no local, ao lado do corpo havia uma cova rasa com ferramentas para escavação, o que possivelmente seriam usadas para enterrar a vítima.

VEJA TAMBÉM

Mulher é morta com facadas, pedradas e pauladas na zona sul de João Pessoa; marido é suspeito

Conforme o perito que analisou a cena do crime, o assassinato teria ocorrido há poucas horas. O homem ainda não foi identificado. Ele estava com mãos amarradas, amordaçado e teria sido arrastado por cerca de 30 metros. Conforme a perícia, o local foi usado para execução e não apenas para a desova.

Um homem de 31 anos foi preso no local onde o corpo foi encontrado e conduzido para a delegacia de Homicídios como suposto participante da execução, visto que, possivelmente estava realizando o ato de enterrar a vítima quando a polícia chegou ao local.

O corpo foi levado para o Instituto de Perícia Científica (IPC) de João Pessoa, no Bairro do Cristo Redentor. O caso deverá ser investigado.

PORTAL DIÁRIO

TEMA IMPORTANTE

VÍDEO: “O assistencialismo não contribui para a transformação social”, diz gestor de projetos

NOVO EMPREENDIMENTO

VÍDEO: Empresário cajazeirense inaugura parque de vaquejada e se emociona ao ver reportagem com o pai

"SAGA GIGANTESCA"

VÍDEO: Filho se emociona ao lembrar o dia em que intubou Normando Sóracles, que faleceu de Covid-19

SEGURA

VÍDEO: Juiz de Itaporanga condena fake news sobre urna eletrônica: “Quem mais contesta ganhou pleitos”

Recomendado pelo Google: