header top bar

section content

VÍDEO: Ação conjunta das Polícias Civil e Militar desmonta organização criminosa no Sertão do Estado

Segundo a polícia, o grupo era de alta periculosidade e agia no Sertão da Paraíba e em cidades de Pernambuco. Os líderes principais foram encaminhados para o presídio de segurança máxima PB1 em João Pessoa na manhã desta quinta-feira (18).

Por Luiz Adriano

18/02/2021 às 13h09 • atualizado em 18/02/2021 às 13h49

As Polícias Civil e Militar da 16ª área de integração de Princesa Isabel, realizaram em ação conjunta uma Operação denominada de Farol, a qual teve início na tarde da última terça-feira (16).

Seis pessoas foram presas na operação e a polícia está à procura de outros indivíduos. Segundo o delegado da Polícia Civil Gutembergh Cabral, as ordens partiam do Presídio Regional de Patos e os bandidos teriam montado uma base de apoio em Juru, na região de Princesa Isabel, para praticar diversos crimes como distribuição de drogas, latrocínio, assaltos à mão armada e homicídios.

VEJA TAMBÉM

Operação Carnaval é realizada em Cajazeiras para evitar avanço da Covid-19

Os municípios de Tavares e Juru, na região de Princesa e Água Branca e Imaculada, na região de Patos, além das cidades de Santa Terezinha, Tabira, Solidão e São do José do Egito no estado vizinho Pernambuco, eram da atuação da organização criminosa. O trabalho de integração das polícias, conseguiu êxito ao desmontar o grupo que conforme a polícia, era de alta periculosidade. De acordo com as informações policiais, a chefia do grupo é a mesma responsável pela fuga da Cadeia Pública de Princesa Isabel em 2016.

Últimas informações da Operação Farol

Segundo o delegado Gutembergh Cabral, os dois meliantes os quais comandavam a organização criminosa e são bandidos da “mais alta periculosidade”, foram encaminhados na manhã desta quinta-feira (18) para o presídio de segurança máxima PB1 em João Pessoa. Também nesta manhã, Uma mulher que foi presa entre as seis pessoas detidas e estava sob custódia na delegacia de Princesa Isabel, foi conduzida para o presídio feminino de Patos após ter pedido de liberdade negado pelo Juiz.

O delegado de Polícia Civil Gutembergh Cabral deu detalhes da Operação Farol.

DIÁRIO DO SERTÃO

HOMICÍDIO

VÍDEO: PM é morto à queima roupa na região de Patos e um dos suspeitos morre em confronto com a polícia

GOVERNADOR NO SERTÃO

VÍDEO: João Azevêdo autoriza Restaurante Popular, entrega tomógrafo e visita obras em Cajazeiras e Sousa

DURANTE VISITA NO SERTÃO

VÍDEO:Governador responde sobre possível aliança de Veneziano com Cássio: “Prefiro acreditar no senador”

PEDIDO DE SOCORRO

VÍDEO: Há 7 meses sem repasse da prefeitura, ONG que protege animais pode fechar as portas em Sousa

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!