header top bar

section content

Mulher mata outra com três facadas após desentendimento em bar, na zona rural de Cajazeiras

Segundo testemunhas, uma outra mulher teria desferido os golpes de faca contra a vítima após confusão em fila de banheiro

Por Luiz Adriano

26/07/2021 às 10h03 • atualizado em 26/07/2021 às 13h21

A jovem tinha apenas 23 anos de idade e foi morta a facadas na zona rural de Cajazeiras. (Foto: reprodução/redes sociais).

Uma jovem de 23 anos morreu na madrugada desta segunda-feira (26) após sofrer golpes de faca peixeira durante uma festa em um bar, localizado no sítio Cocos, na zona rural de Cajazeiras. Segundo a polícia, a vítima foi agredida por volta das 23h deste domingo (25) e em seguida socorrida para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), no entanto, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no bloco cirúrgico.

De acordo com informações de testemunhas, a briga foi entre duas mulheres. O caso teria acontecido após um desentendimento durante uma fila no banheiro do estabelecimento. Conforme os relatos, a agressora teria se chocado contra a outra, no entanto, não souberam informar se de forma voluntária ou não. Em seguida a vítima teria se sentido confrontada e reagiu passando a ofender a suspeita que por sua vez, desferiu três golpes de faca peixeira contra a mulher.

VEJA TAMBÉM

Pai e filho são mortos a tiros em frente de casa, na região de Catolé do Rocha

Após o óbito no HRC, por se tratar de morte violenta, o corpo da vítima, que foi identificada como Mikelly Bruna dos Santos, foi encaminhado ao Instituto de Perícia Científica (IPC) para realização de exames cadavéricos.

A PM informou que só soube do ocorrido quando a vítima já estava em óbito no HRC.

Guarnições da Polícia Militar fizeram rondas na localidade onde a suspeita mora, mas até o fechamento desta matéria, ela ainda não tinha sido localizada.

DIÁRIO DO SERTÃO

DESTRAVADA

VÍDEO: Após vinte anos de expectativa, João Azevêdo prevê conclusão das obras do Hospital de São Bento

EM NOME DA AMIZADE

VÍDEO: Tyrone diz que Lindolfo Pires é o deputado de João Estrela e rindo dispara: ‘eu posso fazer isso’

NÃO TÁ FÁCIL

VÍDEO: Consultor empresarial diz que auxílio não tirou famílias da pobreza: ‘pessoas na porta com fome’

FISCALIZANDO REVELA

VÍDEO: Ministério Público da PB investiga prefeito da região de Cajazeiras por acúmulo ilegal de cargos

Recomendado pelo Google: