header top bar

section content

Corpo de Bombeiros deflagra ‘Operação Queimadas’ no período de estiagem

A ação preventiva tem por objetivo a implementação de uma doutrina uniformizada de Prevenção e Combate a Incêndio Florestal (PCIF) a fim de reduzir os impactos ambientais e sociais dos incêndios florestais no período de estiagem

Por Portal Diário com Secom-PB

05/10/2021 às 08h55 • atualizado em 05/10/2021 às 08h57

Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB). (Foto: divulgação).

No período de estiagem e aumento da temperatura, o número de queimadas cresce consideravelmente e, caso ainda se acrescente a ação humana, este quadro tende a piorar. Diante deste fato, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) lançou, na manhã da última sexta-feira (1º) a ‘Operação Queimadas’, ação preventiva que tem por objetivo a implementação de uma doutrina uniformizada de Prevenção e Combate a Incêndio Florestal (PCIF) na Paraíba, a fim de reduzir os impactos ambientais e sociais dos incêndios florestais no período de estiagem.

Serão realizadas palestras, capacitação, panfletagem sobre os cuidados no período de estiagem, esclarecimento quanto à queimada ser tipificada como crime, orientações sobre como efetuar a queima controlada, ações de resposta às ocorrências de incêndios em vegetação e, por fim, se necessário, ofertar recurso logístico e humano para as regionais envolvidas na ação.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Em Pombal, princípio de incêndio é registrado em galpão e bombeiro alerta contra queimadas

A Operação foi lançada na manhã da última sexta-feira (1º). (Foto: divulgação).

Por meio desta operação, espera-se reduzir o quantitativo de área queimada, diminuir os impactos ambientais, seja a fauna ou a flora, minimizar os danos à saúde da população e minimizar as perdas econômicas causadas pelo uso indiscriminado do fogo.

De acordo com o coronel Saulo Laurentino, mentor deste projeto, a Operação Queimadas é um avanço nas políticas de prevenção e combate a incêndios em vegetação por parte do Corpo de Bombeiros, visto que as ações de proteção ambiental, defesa dos animais e combate à eliminação dos gases estufa têm tomado mais evidência, somadas às problemáticas respiratórias da pandemia da Covid-19.

“Adotou-se uma doutrina homogênea em território paraibano, tornando a prevenção e o combate de forma mais eficiente em incêndios desta natureza, além do remanejamento de recursos e apoio mútuo de forma mais evidente e organizada entre as regionais. Será elaborado um relatório sobre todas as atividades desempenhadas, o impacto causado e os dados específicos de cada ação para podermos avaliar as fragilidades e fazermos ciência na busca de sempre avançar na melhor prestação de serviço à sociedade”, acrescentou o coronel Saulo.

Veja mais fotos da ‘Operação Queimadas’:

PORTAL DIÁRIO

DESENTENDIMENTO VIOLENTO

VÍDEO EXCLUSIVO: Bebedeira de amigas termina com mulher surda e muda agredida e ensanguentada em Pombal

'SÍNODO DOS BISPOS'

VÍDEO: Em missa solene, bispo e padres da Diocese de Cajazeiras homenageiam Monsenhor Gualberto

NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Cantor de apenas 17 anos, primo de Flávio Pizada Quente agita galera com repertório de ‘piseiro’

EX-PRESIDIÁRIO

VÍDEO: Usuário de drogas é vítima de tentativa de homicídio em Pombal; tiros atingiram o ombro da vítima

Recomendado pelo Google: