header top bar

section content

Vereador denuncia "Escândalo das Oscips" em Patos

O vereador Ivanes Lacerda (PSDB) denunciou na Câmara de Patos, em sessão ordinária da noite desta terça-feira, 13, o que classificou de “Escândalos das Oscips” praticado pelo prefeito Nabor Wanderley (PMDB). Para ele, há indícios o dinheiro de convênio entre a Prefeitura e as oscips que prestam serviços ao município está sendo desviado para outros […]

Por

13/11/2007 às 22h43

O vereador Ivanes Lacerda (PSDB) denunciou na Câmara de Patos, em sessão ordinária da noite desta terça-feira, 13, o que classificou de “Escândalos das Oscips” praticado pelo prefeito Nabor Wanderley (PMDB). Para ele, há indícios o dinheiro de convênio entre a Prefeitura e as oscips que prestam serviços ao município está sendo desviado para outros fins.

Lacerda mostrou aos colegas vereadores que durante a gestão de Nabor as oscips (organizações da sociedade civil de interesse público) que foram contratadas pelo município já receberam dos cofres públicos aproximadamente R$ 25 milhões.

Lucros
Do total, as oscips abocanharam cerca de R$ 5 milhões somente pela taxa de administração pelos serviços prestados à Prefeitura Municipal de Patos. As oscips são quem pagam aos servidores contratados e executam programas de governo.

Os fatos, segundo Ivanes, chegaram ao conhecimento do Tribunal de Contas do Estado, que teria notificado à Prefeitura três vezes para apresentação de explicações sobre os gastos com as organizações.

Ivanes quer explicações
O vereador disse que as oscips precisam apresentar a evolução patrimonial ao Poder Legislativo patoense e a sociedade. “Isso é a obrigação de qualquer entidade pública”, exigiu Lacerda.

Ivanes defendeu a convocação de uma audiência pública com representantes das oscips, da sociedade civil de Patos, do Ministério Público, e de entidades associativas do município para discutir o “rombo gerado pela contratação dessas organizações pelo município”.

Durante seu pronunciamento no plenário da Câmara de Patos, Ivanes não sofreu qualquer contestação do líder do prefeito, vereador Zé Motta (PMDB), e de nenhum outro parlamentar da bancada governista. 

Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO com Cícero Araújo, de Patos

Tags:
À DISPOSIÇÃO DA JUSTIÇA

VÍDEO: Comandante dá detalhes da prisão de suspeito detido na região de Sousa após assalto a carro-forte

DESABAFOU

VÍDEO: Professor fala sobre decepção por falta de apoio para instalar o Museu do Futebol em Cajazeiras

CRÍTICA

VÍDEO: Pastor de São João do Rio do Peixe cita exemplos de xenofobia e exalta qualidades do Sertão

LEMBRAR SEMPRE

VÍDEO: Médico que marcou a história da política do Rio Grande do Norte terá trajetória narrada em livro

Recomendado pelo Google: