header top bar

section content

Vereador de Princesa acha bíblias desaparecidas

O vereador de Princesa Isabel, Alto Sertão, Domingos Sávio, acionou o blog do jornalista Tião Lucena, neste sábado, 03, para "desmascarar" o prefeito do município, Tiago Pereira, que semana passada denunciou a compra de duas bíblias, cada uma por R$ 800, e que supostamente nunca apareceram. Domingos e uma Comissão de Vereadores encontraram os dois […]

Por

03/11/2007 às 18h58

O vereador de Princesa Isabel, Alto Sertão, Domingos Sávio, acionou o blog do jornalista Tião Lucena, neste sábado, 03, para "desmascarar" o prefeito do município, Tiago Pereira, que semana passada denunciou a compra de duas bíblias, cada uma por R$ 800, e que supostamente nunca apareceram.

Domingos e uma Comissão de Vereadores encontraram os dois livros comprados em 2006 na biblioteca da Escola Municipal Carlos Alberto. As bíblias ainda estavam dentro da embalagem original.

Segundo a diretora da Escola, Margarete Medeiros, os livros eram essenciais e foram comprados por um preço elevado porque trata-se não somente de uma bíblia comum, mas de um compêndio sobre a  história da religião.

Leia a carta publicada integralmente pelo blogdotiao:

Sempre com o intuito de bem informar a população princesense – o que muito bem faz este espaço jornalístico -, sirvo-me mais uma vez desse Blog, para dirimir dúvidas acerca da polêmica gerada pela denúncia do prefeito de Princesa, Tiago Pereira, veiculada através da pena do jornalista Adelson Barbosa dos Santos, no Jornal “Correio da Paraíba, edição de 27/10/2007, dando conta de que o prefeito afastado JOSÉ SIDNEY OLIVEIRA comprou, em 2006, através da Secretaria de Educação, duas bíblias pelo valor de R$=800,00 cada uma e que os referidos livros não foram encontrados no acervo do patrimônio do município. Até aí, 1 X 0 para Tiago Pereira (pra quem não conhece). Para mim, vereador calejado e conhecedor da prática dos pereiras quando estão no poder, comecei a colher informações a respeito da denúncia. Comecei pela secretária SORAYA BARROS, que me informou que as bíblias foram compradas, sim e que estavam na Escola Municipal “Carlos Alberto”, conforme recibo, em seu poder, datado de 30/01/2007, firmado pela então diretora daquela escola, professora MARGARETE MEDEIROS. Informou-me ainda, a Secretária, que as bíblias, são livros especiais porque são um compêndio sobre a história da religião e de utilidade pedagógica para o ensino religioso, portanto, necessárias para o acervo das escolas públicas. Diante dessas informações, e conhecedor da prática contumaz do senhor Tiago Pereira e sua turma em mentir, caluniar, e difamar (quem não se lembra quando ele, Tiago Pereira, disse através do mesmo Jornal “Correio da Paraíba” que Dr. SIDNEY se negou a entregar as chaves da Prefeitura quando foi afastado e que o mesmo Dr. SIDNEY havia carregado a cadeira do gabinete do prefeito? Por conta disso, teve de responder na Justiça, negando tudo), encaminhei ao Presidente da Câmara Municipal, PACELLI MANDÚ, ofício solicitando a criação de uma Comissão Especial para verificar in loco a existência das tais bíblias, lá na escola “Carlos Alberto”. Acatando meu pedido, o Presidente da Câmara designou os vereadores IRISMAR MANGUEIRA, representando a bancada de situação e a vereadora CLEONICE HENRIQUES, representando a bancada de oposição e mais três funcionários da Câmara para darem uma busca na referida escola. Lá chegando, ontem (01/11/2007), os funcionários, acompanhados dos vereadores, começaram a busca pela secretaria da escola, onde nada encontraram; passaram para a Biblioteca da escola e nada; já quase desistindo, rumaram à sala dos professores onde procederam a minuciosa verificação e lá, na parte superior de um armário, um dos funcionários da Câmara, encontrou as duas bíblias embaladas em caixas separadas, estando uma delas, ainda envolta em um plástico original, sem sinais de uso e conforme às especificações descritas na nota fiscal e empenho. E agora, Tiago Pereira, cadê a observância ao oitavo mandamento? Tome cuidado garoto, não vá na onda dos que lhe dão orientação, a experiência que eles querem lhe repassar é malévola, eles são escolados na bandidagem, você é verdinho ainda. Quando for denunciar, procure antes averiguar se é verdade, se procede mesmo, não sirva de instrumento aos que querem escorraçar ou espichar o couro do prefeito Sidney. É interessante e ao mesmo tempo estranho: vocês estão no poder há mais de sete meses e a única coisa que acharam nas contas do prefeito Sidney foi a compra dessas bíblias? Já vi que vocês são mesmo muito dinâmicos, aliás, já constatei essa dinamicidade, pois, em apenas sete meses no poder, que usurparam do povo de Princesa, dentre outras irregularidades: já contrataram serviços superfaturados, já compraram sem licitação, já concederam ajuda de custo a quem não faz jus, já beneficiaram familiares e servidores públicos com serviços da edilidade, já compraram gêneros alimentícios a firmas que não estão estabelecidas no endereço indicado, já se apropriaram do dinheiro público indevidamente á título de recebimento de diárias em valores superiores ao que a lei permite; enfim, cometeram e continuam cometendo todo tipo de desmando administrativo e ainda têm a coragem de fazer veicular notícias mentirosas nos jornais da Paraíba! Fazendo escola, asseguro, que tudo o que aqui afirmo, constitui-se em pura verdade, pois detenho as provas. Informo ainda, que já denunciei o prefeito Tiago Pereira e sua turma ao Tribunal de Contas e à Procuradoria Geral do Estado. Diz um adágio popular que, quem mente rouba. Jesus já dizia: “…em verdade, em verdade eu vos digo: não mentirás! “. Já que as aulas de catecismo não conseguiram fixar esses preceitos e demais valores morais na mente do atual prefeito, recomendo que tome como lição definitiva mais essa esparrela em que caiu, para não cometer mais esse tipo de erro. Dessa vez, está perdoado. Vá e não peques mais.

DOMINGOS SÁVIO MAXIMIANO ROBERTO
Vereador" 

Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
AUTORA EVANGÉLICA

VÍDEO: Missionária lança seu primeiro livro em Cajazeiras: “Santificação é um processo progressivo”

IDENTIFICADOS

VÍDEO: Suspeitos mortos em confronto com a polícia após ataque a carro-forte são da região de Sousa

CASO EM INVESTIGAÇÃO

VÍDEO: “Tem relação direta com o tráfico de drogas”, diz delegado sobre vítimas de tiros em Uiraúna

CRISE

VÍDEO: Padre de Cajazeiras lamenta aumentos constantes e inflação alta: “Nosso povo está caindo de fome”

Recomendado pelo Google: