header top bar

section content

Oposição de Cajazeiras torce para que Marinho seja o candidato do prefeito

Nos bastidores a cúpula ligada ao médico Léo Abreu (PSB) e ao deputado Jeová Campos (PT) considera que Marinho seria o candidato mais fácil de derrotar em 2008.

Por

27/10/2007 às 15h15

A Oposição de Cajazeiras torce para que o candidato do prefeito Carlos Antônio de Oliveira (DEM), na sucessão municipal, seja o empresário e atual diretor do Hospital Regional, Marinho Messias. Foi o que revelou ao Diário do Sertão uma fonte de proa do bloco oposicionista, que pediu para ter o nome preservado.

Os integrantes da Oposição não divulgam publicamente essa torcida, mas nos bastidores a cúpula ligada ao médico Léo Abreu (PSB) e ao deputado Jeová Campos (PT) considera que Marinho seria o candidato mais fácil de derrotar nas próximas eleições.

Eles partem do seguinte raciocínio: entre os nomes cogitados pelo grupo do prefeito, Marinho é o que tem menos (ou quase nada) penetração popular e seria difícil a reversão desse quadro em apenas dez meses de campanha, se ele for anunciado como o escolhido de Carlos Antônio em janeiro de 2008. 

Oratória
Além desse fator, se Marinho for o candidato, os oposicionistas pretendem insistir em debates públicos para mostrar a falta de habilidade do empresário em se expressar. A “jogada” será desqualificar o empresário e mostrar que ele não está preparado para governar uma cidade do porte de Cajazeiras.

Segmentos da Oposição também apostam na tese de mostrar a população que Mário Messias será apenas um instrumento do prefeito na Prefeitura Municipal, não terá autonomia e poderá se transformar numa espécie de fantoche do prefeito, de quem é amigo particular. 

Fantoche
“Cajazeiras é formada por um povo culto, com tradições na arte e na educação. Dificilmente a sociedade vai engolir um prefeito que governe de forma fictícia, sendo todo tempo controlado por alguém”, disse a fonte oposicionista, demonstrando o tom que eventualmente será adotado pelo grupo, caso Marinho seja a opção do prefeito em 2008. 

Da Redação do DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
SE PRONUNCIOU

VÍDEO EXCLUSIVO: Homem suspeito de abusar de sobrinhas em Cajazeiras nega crime: “o que vale é prova”

À DISPOSIÇÃO DA JUSTIÇA

VÍDEO: Comandante dá detalhes da prisão de suspeito detido na região de Sousa após assalto a carro-forte

DESABAFOU

VÍDEO: Professor fala sobre decepção por falta de apoio para instalar o Museu do Futebol em Cajazeiras

CRÍTICA

VÍDEO: Pastor de São João do Rio do Peixe cita exemplos de xenofobia e exalta qualidades do Sertão

Recomendado pelo Google: