header top bar

section content

Pré-candidata de Sta Helena revela que vice poderá sair da base de Emmanuel Messias

“Se o povo não for para o Ceará ou Cajazeiras morre a míngua, pois até as ambulâncias são sucateadas”. Declarou a pré-candidata

Por Luzia de Sousa

10/04/2016 às 15h27 • atualizado em 11/04/2016 às 10h08

Corrinha não poupou críticas ao governo do prefeito

A pré-candidata a prefeita de Santa de Santa Helena, Socorro Félix (Corrinha-PMDB) declarou essa semana à imprensa de Cajazeiras que é a única oposição ao prefeito Emmanuel Messias (PSD). Ela relembrou que o prefeito está cassado e governa através de liminar.

A cassação do chapa do prefeito foi pedida pela coligação de Corrinha, que acusa o prefeito de compra de voto, uso da máquina pública, ameaças a eleitores e perseguição na eleição de 2012.

Corrinha revelou que até o momento três partidos compõe sua base política e um quarto deve confirmar em breve. Sobre o vice-prefeito, a peemedebista fez mistério, mas revelou que pode trazer um importante nome da situação.

Denúncia
Segundo a pré-candidata, Emmanuel Messias não implantou uma unidade do Samu na cidade porque gera despesas e disparou: “Se o povo não for para o Ceará ou Cajazeiras morre a míngua, pois até as ambulâncias são sucateadas”.

Ela ainda denunciou que uma consulta com o especialista demora um ano. “Uma menina precisou de tratamento de e pele e depois de um ano chegou a autorização da consulta, mas o pai disse que ela já estava boa. A saúde é zero”.

Ouça áudio da Rádio Alto Piranhas!

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio

CLIMA IDEAL

VÍDEO: Prefeito revela interesse de empresas em instalar parque de energia solar em Monte Horebe

INTERVENÇÃO

VÍDEO: Diretor da SCTrans fala sobre planos para dar segurança aos pedestres em frente à São João Bosco