header top bar

section content

NA REGIÃO DE SOUSA: Novo prefeito encontra salários atrasados, rombo financeiro e pede auditoria ao TCE

Ao assumir o cargo, Zé de Pedrinho encontrou uma série de irregularidades como contas bloqueadas, transferências indevidas e salários atrasados.

Por Redação Diário

15/07/2016 às 19h01 • atualizado em 15/07/2016 às 19h02

José Lins Braga, conhecido por Zé de Pedrinho

O novo prefeito de Marizópolis, José Lins Braga (PSDB), conhecido como Zé de Pedrinho, fez um balanço positivo, nesta sexta-feira (15), dos primeiros sete dias de sua gestão. O gestor revelou quais são seus principais objetivos à frente da Prefeitura e elencou o setor da saúde como prioridade. Zé de Pedrinho assumiu o cargo após a Justiça Federal condenar o gestor anterior, José Vieira, à prisão e determinar o seu afastamento do cargo. José Vieira cumpre pena na colônia penal de Sousa .

Ele também adiantou que pretende solicitar ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) uma auditoria nas contas da Prefeitura. “A saúde será nossa prioridade. A população sofria com um total abandono na área da saúde”, afirmou. Para a pasta, o prefeito nomeou Rodrigo Rodolfo de Melo, a Ação Social será conduzida por Emikaelly Késsia, enquanto Jaqueline Andrade será a responsável pela Secretaria de Educação. “Boa parte da equipe já foi nomeada e está trabalhando. A cidade já respira diferente”, avaliou o prefeito.

Ao assumir o cargo, Zé de Pedrinho encontrou uma série de irregularidades como contas bloqueadas, transferências indevidas e salários atrasados. Comprometido com a melhoria da cidade, o prefeito está checando minuciosamente a situação da folha de pessoal, já que funcionários públicos denunciaram que estão há dois meses sem receber seus salários.

Ele irá a Justiça Federal relatar que o gestor afastado fez transferências indevidas, uma delas no valor de R$ 150 mil para empresa do ramo da construção civil, um dia após ser notificado sobre a decisão judicial que o condenou à prisão. “Ele foi notificado sobre a decisão no dia 7 e no dia 8 fez transferência indevidas. É uma situação lamentável”, disse.

Além disso, o prefeito vai solicitar ao Tribunal de Contas do Estado que uma auditoria seja realizada nas contas da prefeitura para verificar se outras irregularidades foram cometidas pelo gestor anterior. Mesmo com as dificuldades encontradas, Zé de Pedrinho tem recebido o apoio da população do município.

“Temos grandes problemas, mas se Deus quiser vamos dar conta. Nosso compromisso é com a cidade, é melhorar a vida das pessoas. Todos estão nos apoiando porque há quatro anos Marizópolis clama por mudanças. Vamos fazer uma revolução na cidade”, frisou.

MAIS PB

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”