header top bar

section content

NOVA ERA: José Aldemir e Marcos do Riacho do Meio tomam posse e assumem a prefeitura de Cajazeiras em clima de festa, provocações e cautela nos discursos; novo gestor chegou à prefeitura nos braços do povo – Veja imagens!

No seu discurso, novo prefeito voltou a enfatizar que seu governo será transparente e terá lisura com o dinheiro público

Por Jocivan Pinheiro

02/01/2017 às 16h21 • atualizado em 02/01/2017 às 19h47

O domingo em Cajazeiras foi marcado por dois eventos políticos: o primeiro deles foi a posse dos vereadores eleitos, seguida da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal. O segundo, o mais aguardado, foi a posse do prefeito e vice eleitos José Aldemir Meireles (PP) e Marcos do Riacho do Meio (PT).

A programação da posse já começou pela manhã com uma missa celebrada pelo bispo diocesano Dom Francisco de Sales na Catedral Nossa Senhora da Piedade, e no começo da tarde, enfim, a Câmara de Vereadores, lotada, presenciou José Aldemir e Marcos do Riacho do Meio assumirem o comando do Poder Executivo cajazeirense. O auditório da Câmara não comportou a quantidade de pessoas que pretendia assistir à sessão, por isso grande parte do público ficou do lado de fora.

Zé Aldemir e Marcos do Riacho do Meio fazem juramento de posse

No seu discurso, o novo prefeito voltou a enfatizar que seu governo será transparente e terá lisura com o dinheiro público para investir em melhorias principalmente na saúde, educação, infraestrutura e agricultura, sem deixar de lado outras pastas da administração.

– Iremos fazer cumprir com o nosso conceito de campanha, fazendo do jeito certo no emprego do dinheiro público com transparência, na otimização dos serviços públicos de modo geral, na melhoria da infraestrutura e na atividade rural, de modo que ao final do nosso governo se crie um novo referencial da administração de nossa terra – disse o novo prefeito.

Zé Aldemir e Marcos do Riacho do Meio

José Aldemir falou também em resgatar a dignidade do povo cajazeirense, priorizando na sua ação política e administrativa a ética, a moral e o respeito ao erário público. O prefeito ressaltou ainda que sua gestão não vai ‘vender ilusões’, nem fazer promessas que não possam ser cumpridas. O que o povo pode esperar, segundo ele, é muito trabalho com criatividade e austeridade. Ele pediu paciência para tentar organizar a prefeitura num prazo de no máximo 180 dias.

– Peço compreensão aos meus conterrâneos cajazeirenses para que seja possível organizar essa instituição, a prefeitura, que é patrimônio do povo. Não vou resolver todos os problemas num passe de mágica como se fora um milagreiro.

Após a posse, o prefeito seguiu a pé, acompanhado por correligionários e eleitores, até a sede da prefeitura. Na oportunidade, o ex-presidente da Câmara Municipal, Nilson Lopes, simbolicamente fez a transmissão de cargo.

Posse do prefeito e vice eleitos de Cajazeiras

.

DIÁRIO DO SERTÃO

SEGUNDA DOSE

VÍDEO: Secretária de saúde de Ipaumirim explica como será segunda fase da vacinação contra Covid-19

SAÚDE

VÍDEO: Secretário revela que Paraíba aguarda chegada de Vacinas da Oxford e Instituto Butantan

ABSURDO

VÍDEO: Vereador denuncia redução no tempo de tolerância na Zona Azul de Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: Monte Horebe inicia vacinação contra Covid-19 e ACS é a primeira a ser vacinada no município

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!