header top bar

section content

Após denúncias de supersalários, prefeito de Cajazeiras baixa decreto e estipula regras para gratificações e vantagens a servidores públicos

O decreto assegura ainda que qualquer vantagem ou gratificação terão que ser justificadas, além de obedecer critérios.

Por Luzia de Sousa

15/06/2017 às 10h33 • atualizado em 15/06/2017 às 10h34

Prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (PP)

Após algumas denúncias de supersalários na gestão do prefeito José Aldemir (PP) em Cajazeiras, o gestor da Terra do Padre Rolim baixou um decreto nessa quarta-feira (14), que enumera critérios para concessão de gratificações a servidores.

+ Prefeito de Cajazeiras responde a Vituriano, denuncia que Jr Araújo tinha Corolla e combustível bancados pela prefeitura, compara Carlos Antonio a Zé Vieira e dispara: “Bandido”

Segundo o decreto, todas as gratificações e vantagens terão que passar pela aprovação do gestor, deixando de ser implantadas por secretários e outros agentes públicos.

O decreto assegura ainda que qualquer vantagem ou gratificação terão que ser justificadas, além de obedecer critérios.

Veja na íntegra!

DIÁRIO DO SERTÃO

DIRETO AO PONTO

Eleitos em Cajazeiras devem se comprometer com aeródromo, estrada de Boqueirão e hospital, diz colunista

OLHARES DA EXPERIÊNCIA

VÍDEO: No dia dos professores, educadoras de Cajazeiras falam sobre prazeres e desafios da profissão

'NOVA SOUSA'

EXCLUSIVO: Europeu explica por que escolheu Sousa para um dos maiores empreendimentos da região Nordeste

AÇÃO SOCIAL

VÍDEO: Igreja evangélica distribui alimentos e roupas para famílias carentes em bairro de Cajazeiras