header top bar

section content

Senador Cássio é alvo de protestos na porta de restaurante em visita ao Sertão da PB e cancela coletiva

O tucano foi surpreendido por um grupo de manifestantes que empunhavam cartazes e gritavam palavras de protesto como "golpista” e “traidor”

Por Jocivan Pinheiro

06/08/2017 às 11h43 • atualizado em 06/08/2017 às 11h46

Protesto contra Cássio em Patos

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) cancelou uma entrevista coletiva que estava agendada para a tarde deste sábado (05) em um restaurante da cidade de Patos, no Sertão paraibano, por causa de manifestações contra sua visita.

Cássio esteve nos municípios de Patos e Malta atendendo a convites dos prefeitos para visitar locais de obras municipais. Em seguida se deslocou para um restaurante no Centro de Patos, onde prestaria uma entrevista coletiva. Mas foi surpreendido por um grupo de manifestantes que empunhavam cartazes e gritavam palavras de protesto contra o senador, como “golpista”, “traidor”, entre outras.

VEJA TAMBÉM: Cássio Cunha Lima e assessor do HRC trocam farpas em grupo do WhatsApp da região de Cajazeiras

Chegada de Cássio a restaurante em Patos

Para não passar por um constrangimento maior, a assessoria do tucano acabou cancelando a coletiva, o que deixou a imprensa que o aguardava irritada. As manifestações contra Cássio nas cidades paraibanas têm se tornado cada vez mais frequentes e intensas.

“É inacreditável que muitos políticos continuem tratando o povo como imbecis diante de crimes aos direitos do trabalhador”, comentou uma manifestante.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

NA VILA NOVA

VÍDEO: Advogado acusa PM de abuso de autoridade durante blitz em Cajazeiras: “Atitude transloucada”

EVENTOS ATÉ DIA 06/12

VÍDEO: Prefeito de Monte Horebe anuncia pagamento de servidores e programação do aniversário da cidade

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão