header top bar

section content

VÍDEO: Deputado Federal denuncia prisão de Lula e diz que se ele não for candidato indicará outro nome

Cerca de 30 pessoas participaram, na noite desta sexta-feira(01), de um ato em defesa da candidatura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva

Por José Dias Neto

02/06/2018 às 18h36 • atualizado em 02/06/2018 às 22h06

Cerca de 30 pessoas participaram, na noite desta sexta-feira(01), de um ato em defesa da candidatura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. A reunião foi realizada na sede do Sindicato das Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (SINTEP-PB) na cidade de Cajazeiras.

O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) foi o responsável pela fala principal na reunião que contou com a presença de dirigentes do Partido dos Trabalhadores à nível de região, lideranças de movimentos sociais, além de apoiadores do ex-presidente Lula no Alto Sertão da Paraíba.

Deputado Luiz Couto ao lado de apoiadores do ex-presidente Lula em Cajazeiras

Líder do Partido dos Trabalhadores, o padre Luiz Couto que está no quarto mandato consecutivo como deputado federal pela Paraíba garantiu que o plano do PT é assegurar que Lula seja candidato à presidência da república nas eleições de 2018. ‘Lula é candidato, ele vai se inscrever. Se ele for inscrito até o dia 17 de Setembro a foto dele vai constar na urna, se acontecer alguma coisa, é ele quem vai indicar quem ocupará seu espaço. Mas não existem essa história de plano B’ afirmou.

LULA CONTINUA PRESO NA PF

O ex-presidente Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba-PR desde o dia 7 de abril, condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo triplex do Guarujá, mesmo assim continua sendo o maior líder do Partido dos Trabalhadores e comanda as discussões do partido em todos os níveis.

DIÁRIO DO SERTÃO

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Júnior e Jeová começam a ganhar cargos em Cajazeiras e “sinal vermelho foi ligado”, diz colunista

CASO AINDA REPERCUTE

EXCLUSIVO: Diretora fala pela primeira vez sobre morte de mulher no HRC: “A equipe fica consternada”

COM OLIVAN PEREIRA

VÍDEO: Exoneração do sobrinho de Rivelino Martins e nomeação de Maura Sobreira agitam o Direto ao Ponto