header top bar

section content

Analista declara que pesquisa não divulgada só beneficiou pré-candidato apoiado por Ricardo Coutinho

"Todos passaram a acreditar que ele estaria na frente na pesquisa". Sistema nega contratação da pesquisa.

Por Luzia de Sousa

25/07/2018 às 08h26 • atualizado em 25/07/2018 às 09h25

O radialista e comentarista político cajazeirense Gutemberg Cardoso participou ao vivo do Programa da Tarde apresentado por José Dias Neto pela TV Diário do Sertão dessa terça-feira (24), e falou sobre os desdobramentos da pesquisa eleitoral realizada pela Real Time Big Data para sucessão estadual na Paraíba, porém, não divulgada.

+ Com mais de 100 mil votos, enquete do Diário do Serão revela empate técnico entre Azevedo e Cartaxo

O advogado, especialista em pesquisa eleitoral e marketing política Renato Dorgan Filho disse ao Portal Polêmica Paraíba que a pesquisa tornou-se inválida por não contar com dados necessários no questionário aplicado, via telefone, em pesquisa quantitativa.

De acordo com o radialista, o instituto cometeu erros grotescos, porém, “alguém” vazou os dados da pesquisa e um grupo político conseguiu barrar a divulgação.

Segundo Gutemberg o pré-candidato João Azêvedo (PSB), pois todos passaram a acreditar que ele estaria na frente na pesquisa, e como o Sistema Correio de Comunicação, que teria contrato a a pesquisa teria uma preferência clara pelo pré-candidato da oposição, Lucélio Cartaxo (PV) teria se negado a divulgar o resultado.

E AGORA?
Em uma nota no Jornal da Correio na noite desta terça-feira, 24, o Sistema Correio de Comunicação tratou de maneira pública de um dos assuntos mais comentados e especulados do dia: a ausência de divulgação dos números de uma pesquisa para aferir a opinião do eleitorado paraibano em relação aos candidatos a governador e senador no Estado. O texto lido pela apresentadora Linda Carvalho cita que o Sistema não teria contratado a pesquisa.

“O Sistema Correio de Comunicação esclarece que não registrou tampouco contratou qualquer pesquisa eleitoral para o governo da Paraíba ou o Senado Federal. Em respeito a seus internautas, ouvintes e telespectadores, a empresa decidiu não aceitar a publicação da pesquisa de número PB 02998/2018, registrada no Tribunal Superior Eleitoral pelo Instituto Real Time Big Data por constatar erro em questionário que a tornaria inválida. O Sistema Correio que a 65 anos atua no mercado reafirma o compromisso com a verdade, ética e credibilidade em seus veículos”.

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras