header top bar

section content

André Gadelha tem contas de sua última campanha reprovadas e MPF irá apurar práticas de possível Caixa 2

A decisão ainda cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, e os advogados de defesa de André gadelha, irão recorrer.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/08/2018 às 15h10 • atualizado em 13/08/2018 às 15h11

André Gadelha, ex-prefeito de Sousa (foto: Diário do Sertão)

O juíz da 35ª Zona Eleitoral da cidade de Sousa, sertão do estado, Dr. José Normando Fernandes, reprovou as contas de campanha de 2016, do ex-prefeito André Gadelha (MDB).

De acordo com a decisão, o juiz reconheceu irregularidades graves, nas referidas contas que foram reprovadas e determinou que as cópias do processo sejam remetidas ao Ministério Púbico Federal:  “Por fim, determino que se proceda conforme requerido pelo órgão ministerial no Parecer de fl. 553, devendo ser extraídas e remetidas cópias deste processo para o Ministério Público Federal, a fim de apurar práticas de “Caixa 2” e de Atos de Improbidade Administrativa”.

Na campanha de 2016,  André Gadelha disputou a Prefeitura de Sousa e foi derrotado com 52.023 votos de maioria, (52,93%) pelo então prefeito Fábio Tyrone (PSB).

A decisão ainda cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, e os advogados de defesa de André gadelha, irão recorrer.

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras