header top bar

section content

VÍDEO: Empresário patoense deixa partido de Bolsonaro: “PSL atua de forma desorganizada na Paraíba”

De acordo com Josmá, o melhor foi migrar de legenda, para uma que desse mais condições a curto prazo e de forma mais organizada

Por Raquel Alexandre

09/08/2019 às 15h24 • atualizado em 09/08/2019 às 15h27

O empresário Josmá Oliveira, da cidade de Patos, prestou entrevista à reportagem do Diário do Sertão, disse que o PSL está atuando de forma desorganizada na Paraíba, e que por isso pediu para sair do partido.

“A minha missão no PSL em 2018 foi concluída, pois este partido está atuando de forma desorganizada na Paraíba, o que atrapalha a nossa estratégia”, completou.

De acordo com Josmá, o melhor foi migrar de legenda, para uma que desse mais condições a curto prazo e de forma mais organizada, para que seja possível colocar para frente novos nomes na cidade de Patos, sem fazer o velho conchavo com a velha política.

“Eu percebi que existia interesse de algumas pessoas de lideranças do PSL, não daqui de Patos, mas a nível estadual que sinalizava aliança com políticos da velha política”, salientou.

Por outro lado, o empresário esclareceu que além dele, muita gente na Paraíba está migrando para o Patriota, que é o partido da base de Bolsonaro, mas que não deixou de apoiar o presidente, pois não segue partidos, mas sim suas ideias.

“Eu deixei bem claro, se for para fazer do jeito que essa gente faz, eu estou fora. Sempre defendi as mesmas ideias desde o princípio”, afirmou.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

SAÚDE PÚBLICA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe especialista em saúde pública e fala de práticas integrativas do SUS

DESCONTRAÇÃO

VÍDEO: Sucesso na internet, Gleyfy Brauly e MC Nem animam o programa Xeque Mate dessa semana

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Ricardo diz que sabia de ‘inimigos’ no governo, diz que PSB estava acomodado e alerta Azevêdo

CRIMINALIDADE

VÍDEO EXCLUSIVO: Homem é brutalmente assassinato em Cajazeiras; esposa conta detalhes do homicídio