header top bar

section content

VÍDEO: novo prefeito de Aparecida fala da nova equipe: “Não vamos aproveitar nenhum da gestão passada”

O gestor municipal, Valdemir Teixeira de Oliveira (PTC) conversou com a reportagem do Dário do Sertão

Por Campelo Sousa

28/01/2020 às 16h47

A reportagem do Diário do Sertão conversou nesta segunda-feira (28) com o novo prefeito da cidade de Aparecida, Sertão da Paraíba, Valdemir Teixeira de Oliveira (PTC) que tomou posse no cargo de gestor municipal, no início da tarde deste sábado (25). A solenidade aconteceu no plenário Francisco Severino Cosmo, na Câmara Municipal da cidade localizada na região de Sousa.
Conforme o prefeito, o intuito é trabalhar para que o município de Aparecida tenha desenvolvimento em todas as áreas:

“A grande preocupação é saber como está a prefeitura atualmente, teremos grandes dificuldades pelo cenário que a prefeitura de se encontra hoje, com salários de professores, prestadores de serviços”, disse.

Sobre composição do secretariado, Valdemir disse que primeiro vai se inteirar de como se encontra a situação financeira e administrativa do governo:

“Primeiro passo é nomear a equipe de governo para iniciar os trabalhos, já temos alguns projetos em mente, mas, em relação aos secretários da gestão passada não vamos aproveitar nenhum deles”, disse Valdemir.

Valdemir Oliveira, prefeito de Aparecida (foto: Lucas Vieira)

Novos secretários
Em contato por telefone com a reportagem do Diário do Sertão nesta terça-feira (28), o gestor adiantou os nomes dos novos secretários. Veja a lista abaixo:

Danilo Vieira – Secretário de Administração
Washington Figueiredo – Chefe de Gabinete
Narjara Araújo – Secretária de Saúde
Felizardo Neto Figueiredo – Secretário de Infraestrutura
Keliany Pires – Secretária de Educação
Leida Moura – Secretária de Ação Social
Diógenes Costa – Secretário de Agricultura
Hélio Roque – Secretária de Esporte e Cultura
Jocélio Amâncio – Procuradoria
Carlos Chaves de Almeida – Secretário de Finanças

O afastamento
A Justiça da Paraíba determinou o afastamento do prefeito do município de Aparecida, no Sertão do estado, acusado de improbidade administrativa em 2019. Júlio César Queiroga de Araújo (PTC) foi condenado, mas conseguiu se manter no cargo através de uma liminar.
Júlio César também teve os direitos políticos suspensos por três anos e ficou proibido de estabelecer contratos com o poder público e receber benefícios ou incentivos fiscais.

Júlio César estava no quarto mandato e nas eleições de 2016 se elegeu como prefeito de Aparecida com 2.911 votos (51,20%), contra 2.774 votos (48,80%) do adversário Hélio Roque (PDT).

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

SAÚDE

VÍDEO: ortodontista sousense fala sobre a xerostomia, problema que deixa a boca seca

SITUAÇÃO CRÍTICA

VÍDEO: Chuva expõe falta de infraestrutura em ruas de Cajazeiras: “A cidade está na UTI”, diz vereador

PÂNICO

VÍDEO: motorista tenta atravessar ponte e acaba arrastado pela correnteza, na região do Vale do Piancó

CHOVEU AÍ?

VÍDEO: Chuva alaga ruas, invade casas e estacionamento de supermercado em Sousa