header top bar

section content

VÍDEO: Advogado diz que Brasil aguenta mais um impeachment, mas precisa reduzir o número de partidos

Ele avaliou as possíveis consequências que mais um impeachment pode trazer para a economia, para a política partidária e para a democracia do Brasil

Por Jocivan Pinheiro

11/03/2020 às 17h22 • atualizado em 11/03/2020 às 17h26

O advogado José Mariz, que milita na capital João Pessoa, avaliou as possíveis consequências que mais um impeachment pode trazer para a economia, para a política partidária e para a democracia do Brasil.

Segundo Mariz, “Depois que a gente passou por 16 anos do PT, a gente aguenta [mais um impeachment]. O problema é: nessa saída, o que vai acontecer? Com quais mazelas a gente vai sair?”, indagou o advogado.

VEJA TAMBÉM: Assembleia Legislativa da Paraíba arquiva pedido de impeachment de João Azevêdo por falta de documentos

José Mariz diz que o sistema parlamentarista do Brasil não funciona e que o país precisa de uma reforma política urgente e mais profunda que reduza o número de partidos para, no máximo, cinco. Isso, segundo ele, torna o trabalho do presidente da República mais dinâmico, prático e eficaz, além de fortalecer a democracia.

“Imagina um presidente da república ter que despachar com cinquenta líderes [de partidos] toda vez que precisa aprovar um projeto importante na Câmara ou no Senado”.

PORTAL DIÁRIO

REI DAS PEGADINHAS

VÍDEO: Humorista faz revelação surpreendente sobre sua depressão: “Se você nunca teve, não julgue”

PROTEÇÃO

VÍDEO: Secretária de Saúde de Itaporanga explica como funcionam as ‘barreiras sanitárias’ da cidade

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Filiado ao MDB, jornalista não descarta candidatura a prefeito de Campina Grande

GRUPO DE RISCO

VÍDEO: Médico explica a gravidade do novo coronavírus em pessoas hipertensas, diabéticas e cardiopatas

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!