header top bar

section content

Ex-prefeito de Triunfo rebate denúncia de vereador da oposição e afirma: ‘minhas contas foram aprovadas’

Segundo Damísio, ele está sendo alvo de ‘’inúmeras denúncias infundadas e maliciosas, que o levam ser investigado, tão somente para gerar matérias de cunho político’'

Por José Dias Neto

26/06/2020 às 18h53 • atualizado em 26/06/2020 às 18h55

Damísio Mangueira e Dirceu Batista, ex-prefeito e vereador de Triunfo-PB

O ex-prefeito da cidade de Triunfo, Damísio Mangueira (PTB), emitiu nota nesta sexta-feira (26), rebatendo a denúncia do vereador Dirceu Batista (PROS) no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE), sobre um suposto saldo de caixa no último ano do seu mandato.

Ao Diário do Sertão, Mangueira disse que a denúncia do parlamentar já foi analisada pelo pleno do TCE em 2016 e suas contas foram aprovadas.

VEJA MAIS:

Comissão de Licitação esclarece pregão que visa contratar empresa para fornecer quentinhas em Triunfo

“A denúncia do vereador já foi analisada em sede de suas contas de 2016 e que foram aprovadas. Trata-se de um lapso administrativo que não contabilizou inúmeros documentos de doações a pessoas carentes de ajuda de alimentação e para tratamento de saúde. Todos os documentos já foram detectados e aptos à perícia técnica para averiguar assinatura de todos os beneficiários. Aliás, isso é recorrente na administração pública, seja por não contabilização de documentos ou por algum outro erro contábil. Nem mesmo um leigo retiraria dinheiro de uma prefeitura através da tesouraria. Para desonestos existiriam mil formas de se locupletar do erário público e que documentos é o que não faltaria. Desonestidade é coisa que nem mesmo os adversários mais ferrenhos conseguiram provar contra mim. E tal fato administrativo nada tem a ver com malversação do erário e muito menos com a administração do atual prefeito José Mangueira, que até mesmo suas contas relativas ao exercício financeiro a que se refere a denúncia não foram julgadas. O único motivo do alarde é a proximidade com a eleição municipal. O povo tem que ficar alerta à essas ilações com intenção de tirar proveito eleitoral”, disse.

Segundo Damísio, ele está sendo alvo de ‘’inúmeras denúncias infundadas e maliciosas, que o levam ser investigado, tão somente para gerar matérias de cunho político’’.

Praça central da cidade de Triunfo, conhecida como a ”Terra do Menino Deus” no Sertão da Paraíba

Ele ainda afirmou que sempre administrou com transparência e zelo com a gestão pública.

“Nunca enriqueci, mesmo que por anos à frente da administração pública e meu patrimônio é declarado e amplamente compatível com a sua renda por anos de trabalho. Não temo condenação nenhuma por tais denúncias, embora tenha trazido grandes dessabores para mim e toda a minha família, tão somente por disputa do poder político.

Mangueira disse que não teme qualquer denúncia oriundo de políticos da oposição triunfense.

“O tempo é o senhor da razão e a história vai mostrar, em breve, quem é quem’’, finalizou.

DIÁRIO DO SERTÃO

DECISÃO POLÊMICA

EXCLUSIVO: Padre excomungado pela Diocese de Cajazeiras revela por que trocou de Igreja Católica

ASSISTA

Médico revela que o único teste que detecta o novo coronavírus é o RT-PCR: “Já cansei de dizer aqui”

ÁGUA COM DONO?

VÍDEO: Gerente da Cagepa critica nova lei do saneamento de Bolsonaro e lamenta situação dos lixões

SURPREENDEU

VÍDEO: Vereador de Umari-CE pelo PT afirma que Bolsonaro mudou postura na pandemia após críticas

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!