header top bar

section content

Prefeita aliada do Governo desfaz compromisso com Ricardo, descarta PMDB, mas não anuncia apoio a Cássio

Apesar de não ter mais compromisso, a prefeita garantiu que também não conversou com o candidato Cássio. Veja Vídeo!

Por

29/07/2014 às 17h01

Prefeita volta a assumir cargo em Joca

A prefeita de Joca Claudino, Lucrécia Adriana (PMDB) revelou para a reportagem da TV Diário do Sertão que não tem compromisso com nenhum dos candidatos a Governador para as eleições que se aproximam.

Lucrécia disse que tinha um compromisso em apoiar a reeleição de Ricardo Coutinho (PSB), no entanto, o pacto foi cancelado já que o governador não cumpriu sua parte no acordo. “Ele faria a estrada para o município, mas, não sei por qual motivo, a licitação foi cancelada. Isso desestimulou o próprio povo”, disse.

Segundo a prefeita, Ricardo alegou que a obra é do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) e que por isso, cancelou a licitação, o que para ela, não justifica. “O Dnit sempre disse que fará a estrada, mas, não diz quando. Se fosse para esperar eu não tinha ido até o governador”, disse.

Lucrécia que na última eleição recebeu apoio do PMDB estadual, já está afastada a algum tempo dos candidatos do partido. Sobre o governador, ela disse que ainda vai conversar com ele para tomar uma decisão.

A prefeita garantiu que também não conversou com o candidato Cássio Cunha Lima (PSDB). “Não conversei com Cássio. Conversei com Wilson Filho e com o suplente de senador Deca, mas, não tem nada acertado.

Veja Vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

RELAÇÃO COM EMPRESÁRIOS

VÍDEO: Prefeito de Cajazeiras não descarta fazer uma reforma tributária e manda recado para ‘algozes’

SERVIÇO MILITAR

VÍDEO: Quase 100 novos atiradores são incorporados ao Tiro de Guerra de Cajazeiras durante solenidade

TRIMESTRE CHUVOSO

VÍDEO: Açude Grande de Cajazeiras sangra pela primeira vez em 2019 e traz esperança para a população

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras