header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Prefeito tenta levar Cajazeiras no grito e termina com fama de caloteiro em Sousa

A fama de caloteiro do prefeito foi divulgada na imprensa estadual, que acusou o gestor de não pagar aos devedores.

Por

18/10/2013 às 15h50

Recentemente, o prefeito de Sousa, André Gadelha (PMDB) “gritou” em alto e bom som que conseguiria retirar do açude de Engenheiro Ávidos (Boqueirão), seis milhões de metros cúbicos para aguar coqueiros e ganhou fama em Cajazeiras de homem autêntico e destemido.

A fama do prefeito caiu por terra nesta sexta-feira (18), quando a imprensa estadual acusou o gestor sousense de caloteiro.

De acordo com a matéria publicada no portal de notícias, André tem fama de mau pagador no município, e desta vez deu calote no próprio primo e líder político, o vereador Lafayette Gadelha (PT), proprietário da emissora Líder FM.

A Rádio foi uma grande defensora de André Gadelha na campanha eleitoral de 2012, e o prefeito bancava até poucos dias atrás um programa que usava como tribuna para defender a administração municipal e trazer denúncias contra adversários políticos.

O portal informou também, que o programa que defendia o prefeito deixou de ir ao ar desde quarta-feira (16), e apontou crise na família devido a um possível rompimento político entre André e Lafayette.

Veja também: André Gadelha desafia autoridades de Cajazeiras: "Ninguém empata a liberação de 6 milhões de água para Sousa"

Veja matéria!

DIÁRIO DO SERTÃO com PB Agora

Tags:
VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça

CLUBE VIVE IMPASSE

VÍDEO – Representante do Atlético em reunião da FPF apresenta fórmula para participar do Paraibano 2019

VÍTIMA DA DIABETES

VÍDEO: Ameaçada de perder o segundo pé, idosa de Cajazeiras pede ajuda para adquirir sandália especial

ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas