header top bar

section content

Prefeito de Cajazeiras chama Jeová Campos de “incompetente”

“Isso é desculpa esfarrapada deste deputado conciliar desistência com uma traição que não aconteceu, e ele que assuma que não teve competência de aumentar a sua votação”, alfinetou o prefeito.

Por

09/01/2010 às 09h22

O prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu, em entrevista a uma rádio da cidade, chamou o deputado Jeová Campos de “incompetente”, por não ter conseguido ampliar sua densidade eleitoral. A dura expressão foi utilizada como resposta ao parlamentar paraibano, que se queixa que desistiu da candidatura a deputado federal por ter sido “abandonado” por Vituriano de Abreu (pai do prefeito cajazeirense).

Alfinetando
“Isso é desculpa esfarrapada deste deputado conciliar desistência com uma traição que não aconteceu, e ele que assuma que não teve competência de aumentar a sua votação”, alfinetou o chefe do executivo municipal.

Entenda o caso

Segundo a versão do deputado Jeová, no momento em que mais precisava dessas lideranças sertanejas, eles não anunciaram o apoio à sua candidatura ao congresso, como haviam acertado anteriormente. “Vituriano disse que não sairia candidato a nada e, de repente, sai a deputado estadual”, explicou o parlamentar.

Virou a casaca
Sem dar sinais que a situação se resolverá pacificamente, Jeová Campos garantiu que, se não tiver o apoio incondicional de Vituriano e Léo, apoiará Carlos Antônio (candidato de oposição à prefeitura em Cajazeiras) nas eleições de 2012.

Da Redação do Diário do Sertão
Com Mais PB

Tags:

Recomendado para você pelo google

ENTREVISTA

Presidenta do Coren diz que enfermeiro pode ter clínica, luta pelo piso salarial e fala sobre concursos

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020

AVENIDA LOTADA

VÍDEO: Show de comunidade católica famosa em todo o Brasil reúne multidão em São José de Piranhas

TERRAS

VÍDEO: Diversidade em Foco fala da Comissão Pastoral da terra e da luta agrária no sertão