header top bar

section content

Rodrigo Soares e Anselmo Castilho defendem Jeová como vice de Maranhão

Embaladaos pelos acordes do grupo Roupa Nova, dirigentes estaduais do Partido dos Trabalhadores lançaram o nome do deputado estadual Jeová Campos como candidato a vice-governador na chapa do governador José Maranhão (PMDB). Um deles foi o próprio presidente estadual da legenda, deputado estadual Rodrigo Soares (na foto, ao lado de Jeová). Esse lançamento causou um […]

Por

04/01/2010 às 18h10

Embaladaos pelos acordes do grupo Roupa Nova, dirigentes estaduais do Partido dos Trabalhadores lançaram o nome do deputado estadual Jeová Campos como candidato a vice-governador na chapa do governador José Maranhão (PMDB). Um deles foi o próprio presidente estadual da legenda, deputado estadual Rodrigo Soares (na foto, ao lado de Jeová). Esse lançamento causou um mal estar dentro do PT, que tem o Luciano Cartaxo como vice. Até a semana passada, Rodrigo defendia a repetição da chapa de 2006.

Além de Rodrigo, quem mudou o discurso foi o secretário do escritório de representação política do Governo do Estado em Brasília, advogado Anselmo Castilho. Ele também deu declarações à imprensa defendendo o nome de Jeová na chapa de Maranhão. Ambos participaram da festa de aniversário de Jeová Campos, em Cajazeiras, no sábado passado (02.01).

Jeová, até a semana passada, era pré-candidato a deputado federal. Chegou a afirmar que se não disputasse a vaga na Câmara Federal voltaria a advogar, mas não queria a reeleição na Assembleia Legislativa. Só que ele perdeu o apoio do médico, pai do prefeito de Cajazeiras e ex-deputado Vituriano de Abreu (PSC), com quem faria dobradinha na região. Vituriano mantém sua pré-candidatura a deputado estadual, mas anunciou o rompimento com Jeová, alegando que o deputado não lhe acrescenta votos no Alto Sertão.

Mudança
Diante desse novo quadro, Jeová admitiu tentar o retorno à Assembleia. O governador José Maranhão tentou pacificar as lideranças de Cajazeiras, mas deixou a cidade sem conseguir desfazer o rompimento de Vituriano.

O prefeito do município, Léo Abreu (PSB), aproveitou o embalo e anunicou o apoio ao nome de Jeová como vice de Maranhão.

O atual vice-governador Luciano Cartaxo estave na festa de Jeová e foi pego de surpresa pelo anuncio de Rodrigo Soares e Anselmo Castilho.

Da redação com Hermes de Luna

Tags:

Recomendado para você pelo google

VISTANDO SUA TERRA NATAL

Heron Cid defende centro universitário em Marizópolis e ponto de intersecção entre Sousa e Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

Hospital Universitário de Cajazeiras passa a oferecer novos serviços para a população do Alto Sertão

REVOLTA

VÍDEO: ‘Só quem odeia Lula o quer preso, como se ele fosse um bandido perigoso’, diz jornalista

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio