header top bar

section content

Coluna Faisqueira do Gazeta

As indefinições e definições de 2009 para 2010 na política

Por

26/12/2009 às 10h43

Frases
“Essa não é uma aliança de ouro, é uma aliança de ferro e certamente vai enferrujar muito rapidamente”. Do governador José Maranhão, na cidade de Sousa, sobre a aliança entre o PSB de Ricardo Coutinho e o DEM de Efraim Morais.

Frases 2

“Quem fala mal da aliança é quem está desesperado e com dor de cotovelo”. De Ricardo Coutinho, em resposta, ao comentário do Governador Zé Maranhão, sobre o casamento entre o PSB de Ricardo Coutinho e o DEM do senador Efraim Morais.

Frases 3
“… e nós somos os eleitores babacas”. De um eleitor ao tomar conhecimento da troca de farpas entre os dois candidatos a governador da Paraíba, nas eleições de 2010, Ricardo Coutinho e José Maranhão.

Preocupados
Os proprietários das duas principais bancas de jogo de bicho de Cajazeiras: Ouro Verde e Para Todos, estão com as lanternas acesas com a instalação de mais uma banca em Cajazeiras, Trevo da Sorte, que teria como “representantes” o ex-vereador de São José de Piranhas Chico Mendes e o deputado estadual Jeová Campos. Os dois teriam conseguido junto a LOTEP várias concessões para instalar bancas em diferentes cidades da Paraíba. Mas a preocupação maior é com a “guerra de conquista” em torno dos cambistas. Alguns têm passes altamente valorizados. É igual a jogador de futebol.

Carlos Rafael
O vice-prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael (PTB), não esconde em quem vai votar para deputado estadual. O escolhido é o médico Antonio Vituriano de Abreu (PSC), estava havendo um certo distanciamento com a cúpula do poder municipal, mas recentemente vem participando dos eventos e reuniões promovidas pela edilidade municipal.

Indefinição
O prefeito Léo Abreu, em entrevista prestada ao programa Rádio Vivo, da Rádio Alto Piranhas, indagado sobre a possibilidade do apoio do seu grupo a candidatura de Jeová Campos a deputado federal, foi lá, veio cá, subiu, desceu e não se definiu. Jeová se quiser o apoio de Vituriano e Léo Abreu vai ter que se rebolar. Você já imaginou se persistir este racha no grupo que o elegeu prefeito de Cajazeiras em função das eleições de 2010?

Indefinição 2
Jeová vai usar todas as armas para manter o grupo coeso e uma delas é a força que o governador José Maranhão poderá ter sobre este delicado caso. Já foi adiada mais de uma vez uma reunião entre Zé Maranhão, Léo Abreu e Antonio Vituriano com a finalidade de resolver este impasse. Cabe a pergunta: será que Vituriano vai atender ao pedido do governador José Maranhão para votar em Jeová, em Cajazeiras?

Indefinição 3
Nesta mesma entrevista o prefeito Léo Abreu foi claro, cristalino e confirmou que existem rusgas profundas entre Jeová e seu pai, Antonio Vituriano e se acontecer o rompimento não é por sua culpa. Esta mágoa profunda de Vituriano seria porque Jeová teria “preterido” o nome de Vituriano para a direção Geral do Hospital Regional de Cajazeiras e ainda, mais recente, do nome de sua filha para a direção administrativa.

Indefinição 4

Para quem conhece o Vituriano de outros carnavais sabe perfeitamente que ele não perdoa quem contraria os seus desejos e vontades, principalmente quando se trata de questões políticas e de acordos na divisão do bolo dos cargos comissionados em sua área de atuação. Quem está rindo a toa é o ex-prefeito Carlos Antonio e que torce e reza para o rompimento do bloco que o derrotou nas eleições de prefeito. Ele sabe que esta cisão vai lhe favorecer em 2012.

Dançou
A prefeitura municipal de São José de Piranhas havia preparado um prédio, na Rua Firmino Faustino para instalar um posto avançado do SAMU, com apoio de uma ambulância. A equipe que veio de Brasília inspecionar as obras das instalações em Cajazeiras, onde vão ficar duas ambulâncias informou a Secretaria de Saúde que teria que ser obedecido o projeto original: o posto não seria em São José de Piranhas e sim na cidade de Bonito de Santa Fé. Não se sabe ainda qual a destinação que o prefeito de São José vai dar ao prédio que preparou para instalar o SAMU.

Dançou 2
Quem teria dançado também seria a cidade de São João do Rio do Peixe. As três ambulâncias seriam destinadas, pelo projeto original para Uiraúna (duas) e Triunfo (uma). As instalações de Cajazeiras deverão passar por algumas melhorias, solicitadas pelos técnicos do Ministério da Saúde e parece que desta vez o SAMU vai realmente ser inaugurado. Só que o de Sousa já faz anos que está em atividades e tudo foi iniciado no mesmo período. E Cajazeiras vem perdendo para Sousa já faz bastante tempo.

Conclusão
Um ouvinte de rádio chegou a seguinte conclusão depois de ouvir uma entrevista do ex-prefeito de Cajazeiras Antonio Vituriano de Abreu: “uma pessoa que não conhece a cidade de Cajazeiras, vai pensar que a mesma parou no tempo e no espaço e não progrediu absolutamente nada depois que o mesmo terminou o seu mandato há mais de 20 anos, porque tudo o que a cidade possuiu foi conquista sua”. E complementou: “e mais, o que foi feito de lá para cá foi idéia sua”. Vamos ficar prestando a atenção pra ver se é verdade o que o papa-rádio diz é verdade.

Do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”