header top bar

section content

Presidente da Famup alerta prefeituras para golpe com cheques

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Buba Germano, alerta as prefeituras paraibanas para um golpe que está sendo cometido por estelionatários no interior do estado. Também prefeito de Picuí, no Seridó paraibano, Buba Germano afirma que o crime já foi aplicado em seu município e que há fortes indícios de […]

Por

21/09/2009 às 20h07

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Buba Germano, alerta as prefeituras paraibanas para um golpe que está sendo cometido por estelionatários no interior do estado. Também prefeito de Picuí, no Seridó paraibano, Buba Germano afirma que o crime já foi aplicado em seu município e que há fortes indícios de que a quadrilha responsável esteja praticando o mesmo ato por outras regiões. Segundo ele, a fraude começa nas agências bancárias, quando um dos integrantes da quadrilha oferece ao portador do cheque o valor em dinheiro correspondente à sua troca.

As folhas dos cheques, geralmente utilizados para o pagamento de funcionários e fornecedores, são falsificadas, alterando-se o valor a ser resgatado e o nome do beneficiado. “Um dos cheques da Prefeitura Municipal de Picuí, no valor de R$350, que pagaria as diárias de um professor, se transformou num cheque de R$4.920”, acusa Buba, que diz que os prejuízos são sempre de pequena monta, não ultrapassando o limite de R$5.000. A clonagem de cheques é considerado crime de estelionato e pode resultar de um a cinco anos de prisão.

Da ASCOM

Tags:
OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas