header top bar

section content

Padre que estava preparado para trabalhar na África comemora ‘Bodas de Prata’ em Cajazeiras; Vinda de Frei Damião a cidade, retirada de cabarés e comitê com doações da Europa formam seu legado de vida. VÍDEO!

Em 22 de agosto de 1991, o então Bispo da Diocese de Cajazeiras, Dom Matias Patrício de Macedo celebrava a ordenação do padre. FOTOS!

Por Luzia de Sousa

22/08/2016 às 10h27 • atualizado em 22/08/2016 às 08h49

O Padre Francivaldo de Albuquerque comemora nessa segunda-feira (22), ‘Bodas de Prata’ de sacerdócio. São 25 anos dedicados a Igreja católica. O aniversário sacerdotal do religioso coincide com o aniversário de Cajazeiras, que está comemorando 153 anos de emancipação política.

Em 22 de agosto de 1991, o então Bispo da Diocese de Cajazeiras, Dom Matias Patrício de Macedo celebrava a ordenação de Francivaldo Albuquerque.

Parabéns ao Padre Francivaldo pelo seus 25 anos dedicados a servir

Parabéns ao Pe Francivaldo pelos seus 25 anos 

Nesta data, o padre concedeu uma entrevista exclusiva ao Diário do Sertão, que disse ter feito uma escolha que é de servir o outro. Ele revelou que foi formado no instituto do Padre Gervázio para ir para missão na Costa do Marfim, na África, mas foi designado para assumir a Paróquia de São João Bosco, Zona Sul da cidade.

O religioso destacou que realizou junto a paróquia o aniversário de 70 anos de Frei Damião. “Foi um momento muito bonito. Nós concluímos o parque Dom Bosco para eventos em massa. Era um grande lixão, onde crianças dividiam comida com animais”.

Francivaldo relembrou a chegada da Rede Vida a Cajazeiras, a edificação da Praça Camilo de Holanda com a ‘retirada de cabarés’, como alguns exemplos de seu trabalho a frente da paróquia. “Conseguimos derrubar os muros do preconceito. Ali era uma área estigmatizada pela morte. O povo tinha medo de andar ali”.

Ele citou também a criação do Comitê de Combate a Fome, em 1995, que recebeu doações até da Europa para Cajazeiras. “Fizemos todos os bairros da cidade. Foi uma grande campanha”.

O padre relembrou ainda as grandes parcerias que fazia com o ex-promotores de Cajazeiras e citou Eriosvaldo Silva (falecido, Lúcia de Fátima e Dr. Edir. “Conseguimos o Comitê da Criança e Adolescente, o Conselho Tutelar, o Conselho Carcerário, a construção do presídio, combate a violência e a droga”.

.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

NA VILA NOVA

VÍDEO: Advogado acusa PM de abuso de autoridade durante blitz em Cajazeiras: “Atitude transloucada”

EVENTOS ATÉ DIA 06/12

VÍDEO: Prefeito de Monte Horebe anuncia pagamento de servidores e programação do aniversário da cidade

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão