header top bar

section content

VÍDEO: Instituto de Padre Gervásio se prepara para tradicional festa religiosa com extensa programação

Nesta edição a festa terá como tema: “Com Maria queremos ser sal da terra e luz do mundo”

Por Jocivan Pinheiro

27/11/2017 às 14h51 • atualizado em 27/11/2017 às 14h53

O Instituto Jesus Missionário dos Pobres (IJMP) de Cajazeiras realizará mais uma festa da Imaculada Conceição da Mãe de Jesus com uma programação que se inicia nesta quarta-feira (29) e se estenderá até o dia 08 de dezembro, quando a Igreja Católica celebra a Solenidade da Imaculada Conceição.

Este ano, além das celebrações tradicionais, o IJMP deseja refletir com a comunidade católica o sentido da evangelização. Nesta edição a festa terá como tema: “Com Maria queremos ser sal da terra e luz do mundo”.

Uma novena abre a programação nesta quarta. Já o encerramento, dia 08 de dezembro, será marcado por uma procissão a partir das 9h, que sairá do Santuário Nossa Senhora Auxiliadora até a Capela do Instituto, seguida de uma missa solene.

Haverá ainda outras missas todos os dias, celebradas por diversos padres da Diocese e pelo Bispo Dom Francisco de Sales (dia 1º de dezembro).

Padre Gervásio Queiroga, idealizador do IJPM, destacou o significado da Imaculada para a Igreja: “O povo quer tanto ver Nossa Senhora porque sabe que ela é sem pecado. Embora seja de uma raça pecadora, pela graça de Deus ela não participou dessa linha de pecado que Adão nos fez herdeiro. Ela é a imaculada, ou seja, aquela que não tem nenhuma mancha de pecado.”

VEJA TAMBÉM: Mais sete novos padres são ordenados em celebração emocionante na cidade de Cajazeiras

Padre Gervásio e a imagem de Nossa Senhora Imaculada Conceição

História

No dia 31 de maio de 1985, em viajem de serviço de Brasília (DF) a Paracatu (MG), Padre Gervásio, então assessor jurídico-canônico da Presidência Nacional dos Bispos do Brasil, percebendo a extrema pobreza dos habitantes daquela região, decidiu iniciar um grupo de jovens que aspirassem ao discipulado e à missão aos mais pobres, sob os patrocínios de São Francisco, de Santa Teresinha do Menino Jesus e de São Vicente de Paulo.

A adesão do primeiro jovem àquela ideia, João Vidal Filho, então seminarista da Diocese de Patos (PB), se deu na noite do dia 07 de dezembro, providencialmente na solenidade da Imaculada Conceição de Maria. Este fato é considerado e celebrado como o “evento fundante” do IJMP.

DIÁRIO DO SERTÃO

RÉU DA OPERAÇÃO CALVÁRIO

VÍDEO: Advogado esclarece o que muda no processo de Ricardo após autorização para retirar tornozeleira

OBSTRUÍDAS

VÍDEO: Comandante da PM dá detalhes do protesto que parou a pavimentação da estrada de Boqueirão

AÇÕES DE MORO

VÍDEO: Advogado lista equívocos e ilegalidades no processo da Lava Jato que prendeu Lula

ESTRATÉGIAS

VÍDEO: Jornalista acredita que Carlos Antônio pode indicar vice de Marquinhos fazendo acordo para 2022

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!