header top bar

section content

Religioso de Cajazeiras se posiciona a favor da redução da maioridade penal e pede união

Ele comentou que o menor será punido em casos de crimes hediondos a partir de 16 anos.

Por

02/07/2015 às 17h28

Em seu comentário “Direto ao Ponto” nesta quinta-feira (02) para a TV Diário do Sertão, o padre Francivaldo Albuquerque comentou a aprovação da redução da Maioridade Penal.

O padre Francivaldo explicou que há ressalvas nesta aprovação, pois não serão todos os crimes que os menores serão penalizados.

Ele comentou que o menor será punido em casos de crimes hediondos a partir de 16 anos.

O religioso se posicionou a favor da redução da maioridade penal e defendeu ações enérgicas no combate a criminalidade, além da união de todos, especialmente da sociedade civil.

Leia também:

?Presidente da câmara consegue nova virada e Câmara aprova redução da maioridade penal

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo