header top bar

section content

Religioso de Cajazeiras se posiciona a favor da redução da maioridade penal e pede união

Ele comentou que o menor será punido em casos de crimes hediondos a partir de 16 anos.

Por

02/07/2015 às 17h28

Em seu comentário “Direto ao Ponto” nesta quinta-feira (02) para a TV Diário do Sertão, o padre Francivaldo Albuquerque comentou a aprovação da redução da Maioridade Penal.

O padre Francivaldo explicou que há ressalvas nesta aprovação, pois não serão todos os crimes que os menores serão penalizados.

Ele comentou que o menor será punido em casos de crimes hediondos a partir de 16 anos.

O religioso se posicionou a favor da redução da maioridade penal e defendeu ações enérgicas no combate a criminalidade, além da união de todos, especialmente da sociedade civil.

Leia também:

?Presidente da câmara consegue nova virada e Câmara aprova redução da maioridade penal

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

Radialista sousense fala de política e manda recado à eleitores: “Esqueçam a paixão, valorizem o voto”

FEIRA DE EMPREENDIMENTOS

VÍDEO: Prefeitura de Itaporanga suspende parceria, mas gerente do Sebrae garante realizar a Inovale 2019

CASO DE POLÍCIA

VÍDEO! Mulher invade igreja pela 2ª vez em menos de 24 horas em Sousa: “Ela sofre Bullyng”, diz irmão.

PREOCUPADO

VÍDEO: Padre pede paz e respeito ao próximo após fim de semana de tragédias em Cajazeiras e região