header top bar

section content

VÍDEO: Associações e prefeituras planejam instalar clínica-escola para autistas na região de Cajazeiras

Reunião discutiu a possível instalação de clínica-escola idealizada pela ativista Berenice Piana

Por Jocivan Pinheiro

23/01/2018 às 15h18 • atualizado em 25/01/2018 às 16h32

As políticas públicas voltadas especificamente para pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo precisam avançar na região de Cajazeiras. Com esse objetivo, reuniões têm acontecido para fortalecer a luta de famílias que necessitam de serviços especializados para este atendimento.

A mais recente aconteceu na sede de Associação dos Municípios do Alto Sertão Paraibano (AMASP) e contou com a presença da ativista Berenice Piana, autora da lei que considera a pessoa com autismo deficiente com garantias para todos os efeitos legais.

Nessa reunião foi discutida a possível instalação do Centro Integrado da Pessoa com Autismo, que é um projeto de clínica-escola idealizado por Berenice para todo o país.

VEJA TAMBÉM: Autora de lei para autistas visita Cajazeiras, dá palestra e emociona o público com sua história

A estudante de Psicologia Sâmia Duarte, que tem um filho com autismo e é engajada na causa, diz que o prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, e a secretária de Saúde Paula Francinete demonstraram interesse na instalação da clínica-escola. Mas, devido à crise financeira, é preciso ter parcerias.

“As autoridades presentes se mostraram com muito boa vontade e os trâmites legais foram discutidos. Um centro dessa complexidade precisa das três esferas: federal, estadual e municipal. Então, seria um caminho um pouco mais longo, uma luta mais complexa para conseguir trazer via município”, conta a estudante.

Sâmia Duarte é uma das mães de autistas engajadas na causa

Uma das possibilidades para executar o projeto seria através de convênios municipais. “O prefeito de Cajazeiras abraçou a causa por entender que isso é muito importante. Então, estamos articulando para ver a possibilidade de termos um centro e fazermos convênios com as cidades”.

De acordo com Sâmia Duarte, 68 crianças com Transtorno do Espectro do Autismo são assistidas pelo CAPS Infantil de Cajazeiras. Mas existem outras que sequer foram diagnosticadas. Para tentar melhorar esse quadro, algumas associações surgiram na região, com pessoas que fazem parte da Reunida – Rede Unificada Nacional e Internacional em Defesa dos Autistas.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco