header top bar

section content

Tudo o que você precisa saber sobre Mastopexia com Prótese de Silicone

Tire suas dúvidas e entenda por que a prótese mamária é sonho de muitas mulheres ao redor do mundo.

Por Matheus Bertoluci

19/06/2020 às 18h20 • atualizado em 23/06/2020 às 13h42

Prótese de silicone (foto: ilustrativa/internet)

A Mastopexia com Prótese de Silicone é o procedimento estético desejado por mulheres que almejam maior volume na mama, elevação dos seios e a diminuição da flacidez. O que incomoda e afeta a autoestima feminina. É uma das principais alternativas para rechaçar a queixa dos seios “caídos” ou desproporcionais.

Sendo assim, é possível corrigir essa insatisfação com o tratamento adequado. Sem abrir mão dos cuidados também no pós-operatório para o melhor resultado; como usar um bom sutiã pós-cirúrgico para auxiliar na sustentação depois da Mastopexia.

Veja agora mesmo tudo o que você precisa saber sobre Mastopexia com Prótese de Silicone. Tire suas dúvidas e entenda por que a prótese mamária é sonho de muitas mulheres ao redor do mundo.

O que é Mastopexia com prótese?

O processo da Mastopexia com Prótese tem por objetivo remodelar seios, retirar pele excessiva (e flácida), melhorando o posicionamento. De modo que as mamas se tornem mais elevadas, simétricas e robustas.

A cirurgia é indicada para casos específicos. Confira quais são!

Quando a cirurgia é indicada?

Seios Assimétricos

O procedimento cirúrgico viabiliza a correção de seios desproporcionais: quando um é maior que o outro. Assim, atribui-se mesmo volume e formato, ganhando aparência simétrica; harmoniosa.

Ptose mamária

A Ptose Mamária consiste no abaixamento considerável dos seios quando estão sem sustentação. A condição possui diferentes graus que estão ligados diretamente com o excesso de pele e/ou flacidez.

  • Grau 1 – pouca flacidez;
  • Grau 2 – flacidez moderada e aréolas posicionadas no lado superior do sulco mamário;
  • Grau 3 – flacidez severa; contorno do mamilo logo abaixo do sulco mamário.

É necessário uma avaliação para compreender o grau da ptose mamária, e identificar a existência (ou não) de flacidez. Isto é, de acordo com a disposição da aréola e sulco inframamário.

Consulte um profissional com habilitação em Cirurgia Plástica.

Por que a mama fica flácida?

Postura incorreta;

Sutiã indevido;

Alimentação nada saudável;

Efeito sanfona: pós-amamentação.

Pouco volume

O pedido da prótese mamária para reverter o pouco volume dos seios é constante, de acordo com especialistas. Quando os seios já passaram por processos como o exemplo da amamentação, é bastante comum que percam consistência.

Caso ocorra, a cirurgia com prótese de silicone pode conceder robustez e aumento de volume nos seios da mulher.

Mastopexia sem prótese

A Mastopexia (remodelamento dos seios) pode ser feita sem a introdução de prótese? Sim, pode. Porém, vale ressaltar que quando há excesso de pele e agravamento da flacidez, o cirurgião provavelmente optará pelo silicone.

Tanto a densidade do tecido mamário quanto sua textura é que vão apontar para o tratamento correto. Por isso, consultar o médico especialista no assunto é essencial!

Cuidados importantes no pós-cirúrgico

  • Fugir de atividades pesadas que ponham em risco a cicatrização;
  • Não abrir mão em momento algum dos sutiãs pós-cirúrgicos para facilitar a circulação sanguínea, a sustentação e a redução do inchaço;
  • Conversar com o médico sobre a necessidade de drenos cirúrgicos, a fim de evitar possíveis infecções localizadas;
  • Não fumar;
  • Evitar se expor ao sol durante as 2 primeiras semanas após a cirurgia;
  • Estar atenta aos sintomas quando a dor for excessiva ou ocasionar muito líquido.

Como ocorre o processo cirúrgico?

1- Avaliação do cirurgião plástico 

Para analisar devidamente cada caso, a avaliação do cirurgião plástico é a primeira etapa para o processo cirúrgico. Nesta consulta, ele identifica elementos como: grau de flacidez, densidade, posicionamento do mamilo e sulco mamário e etc.

Após verificar a real situação, conforme sua complexidade, a cirurgia será agendada.

2- Anestesia

A paciente receberá anestesia peridural ou geral para iniciar a Mastopexia com Prótese de Silicone. O procedimento tem duração aproximada de 4 a 6 horas, sem contar o período de observação depois do ocorrido.

Antes de fazer a incisão, a área será limpa adequadamente. Em seguida, serão demarcadas, por meio de traços, os locais onde a pele será removida.

3- Incisões na mama

As incisões na mama são feitas com cuidado, a seguir a área previamente demarcada. O cirurgião, então, faz o corte em forma de um semicírculo, isto é, ao redor das aréolas. Logo após, maneja o bisturi para produzir uma linha que liga o bico do peito até a base da mama.

Com cautela, e com assistência de ferramentas cirúrgicas, a pele é erguida, separando-a dos tecidos mamários. Todo excesso é retirado, sem danificar o mamilo, mantendo também a aréola intacta.

4- Prótese de silicone

A prótese de silicone é acomodada com objetivo de ampliar o tamanho dos seios e gerar maior rigidez. Então, o cirurgião a coloca atrás da glândula mamária e finaliza o processo cirúrgico através das suturas.

As mamas recebem as ataduras de gaze; sendo enfaixadas para proteger o local durante a cicatrização da Mastopexia.

Lembre-se de buscar uma clínica referenciada que oportunize segurança, tal como cirurgião habilitado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

BOLETIM FOI REGISTRADO

VÍDEO: Equipe de saúde tenta realizar exame de Covid-19, mas é ameaçada por homem com faca na Paraíba

VIRALIZOU

Em Sousa, polícia investiga vídeo em que homem segura suposta arma de fogo enquanto dança com mulher

SUSTO E PREJUÍZO

VÍDEO: Incêndio de grandes proporções destrói estabelecimento comercial e atinge residências em Sousa

PERIGO

VÍDEO: incêndio de grandes proporções atinge região entre Paraíba e Ceará

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!