header top bar

section content

VÍDEO: Secretário de saúde diz que a PB está pronta para receber vacinas, mas presidente adia campanha

Geraldo Medeiros revelou o motivo do adiamento e não concordou com o presidente Bolsonaro em adiar o “Dia D” da vacinação

Por Campelo Sousa

17/01/2021 às 09h23 • atualizado em 17/01/2021 às 19h18

O secretário de saúde do Estado da Paraíba, Geraldo Medeiros, participou ao vivo do programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão e falou sobre o plano de vacinação contra o novo coronavírus que deveria iniciar neste dia 20 de janeiro.

“Temos 11 veículos refrigerados e prontos, temos o espaço da própria secretaria de saúde, nós estamos prontos para receber os lotes de vacinas, no entanto o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em entrevista ao Datena na TV Bandeirantes, acenou que a vacinação não iria ser iniciada na quarta-feira (20) conforme anunciou aos 130 prefeitos em reunião essa semana com o ministro da saúde, Eduardo Pazuello”, destacou.

Atraso na campanha de vacinação
O secretário revelou que o motivo do adiamento seria um problema relacionado ao encaminhamento da aeronave para a Índia, e não concordou com o presidente em adiar o “Dia D” da vacinação:

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Pesquisador da Fio Cruz explica eficácia da vacina Coronavac de maneira detalhada; entenda

“Está havendo um entrave burocrático e diplomático, no sentido que esses 2 milhões de vacinas sejam encaminhadas da Índia e juntadas as 6 milhões da Astrazenica, e nós acreditamos que alternativa melhor seria iniciar logo a campanha de vacinação com o que nós dispomos em média de 8 milhões de lotes de vacina, mas o presidente anunciou que não seria na quarta-feira (20), ele acha que esses 2 milhões de lotes ainda vai levar uns 3 dias para serem encaminhados ao Brasil”, disse.

Secretário de Saúde da PB, Geraldo Medeiros

Aeronave aguarda autorização
O cargueiro, que deveria partir na noite desta sexta-feira (15) para buscar 2 milhões de doses da vacina de Oxford, produzidas na Índia, está parado no aeroporto do Recife. A Azul, responsável pelo transporte, informou que o voo foi cancelado e não tem nova data prevista.

Paraíba está pronta
Ao final da entrevista ele disse que o estado da Paraíba está pronta para receber as vacinas e dar início a campanha de vacinação:

“A Paraíba está pronta para receber, assim que forem encaminhados esses lotes iniciais de vacinas, imediatamente em 24 horas todos os veículos do governo do estado e as aeronaves distribuirão rapidamente essas vacinas para todos os 223 municípios”, pontuou.

Como será realizada a vacinação?
O Plano Nacional de Vacinação contra a covid-19, apresentado pelo governo, prevê quatro grupos prioritários que somam 50 milhões de pessoas, o que vai demandar 108,3 milhões de doses de vacina, já incluindo 5% de perdas, uma vez que cada pessoa deve tomar duas doses em um intervalo de 14 dias entre a primeira e a segunda injeção.

O primeiro grupo prioritário, a ser vacinado na fase 1, é formado por trabalhadores da saúde (5,88 milhões), pessoas de 80 anos ou mais (4,26 milhões), pessoas de 75 a 79 anos (3,48 milhões) e indígenas com idade acima de 18 anos (410 mil). A fase 2 é formada por pessoas de 70 a 74 anos (5,17 milhões), de 65 a 69 anos (7,08 milhões) e de 60 a 64 anos (9,09 milhões).

Vacina para a covid 19 (Foto: Reuters / Imago Imagens)

Na fase 3, a previsão é vacinar 12,66 milhões de pessoas acima dos 18 anos que tenham as seguintes comorbidades: hipertensão de difícil controle, diabetes mellitus, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave (IMC maior ou igual a 40).

Na fase 4, deverão ser vacinados professores do nível básico ao superior (2,34 milhões), forças de segurança e salvamento (850 mil) e funcionários do sistema prisional (144 mil). O Ministério da Saúde pondera, no documento, que os grupos previstos ainda são preliminares e poderão ser alterados.

PORTAL DIÁRIO

NOVAMENTE

VÍDEO: Procon de Cajazeiras notifica Caixa devido descumprimento de medidas sanitárias contra a Covid-19

REIVINDICAÇÃO

VÍDEO: Pastores protestam contra fechamento de igrejas em frente a prefeitura e da Câmara de Cajazeiras

DESABAFO

VÍDEO: deputado estadual critica Governador do Ceará por obra milionária: “Nós precisamos é de vacinas”

CORONAVÍRUS

VÍDEO: Assembleia aprova projeto que autoriza Governo do Estado a comprar vacina contra covid-19

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!