header top bar

section content

VÍDEO: Psicólogo alerta pessoas com histórico familiar de depressão para se cuidarem de forma preventiva

O profissional disse que se existe uma predisposição familiar, é importante trabalhar com a prevenção

Por Luiz Adriano

06/08/2021 às 18h29 • atualizado em 06/08/2021 às 18h37

O Psicólogo Damião Júnior concedeu uma entrevista ao programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão e comentou sobre as pessoas que estão mais propensas a ter depressão e ansiedade. Segundo o profissional, é importante prestar atenção em dois fatores: analisar o histórico familiar para ver se há pessoas com problemas e também tentar fazer uma auto análise das atitudes, quando se depara com alguns tipos de situações contraditórias.

Damião Júnior lembrou que, quando se trata de hereditariedade, não quer dizer que a pessoa já tenha o problema, é necessário uma análise. “Não é dizendo que você pode ter alguma situação, mas que se existe uma predisposição ai você tem que trabalhar com a prevenção, então primeiro seria o histórico familiar, eu preciso olhar na minha família se tem alguns casos”, explicou.

VEJA TAMBÉM

No dia Mundial de Combate ao Câncer, neuropsicóloga ressalta importância da saúde mental no tratamento

Psicólogo Damião Júnior no programa Balanço Diário. (Foto: TV Diário do Sertão).

No outro ponto abordado pelo psicólogo, ele falou da importância em prestar atenção nas nossas atitudes, como por exemplo: a maneira como reagimos diante de uma situação pela qual somos expostos, verificar se aquele acontecimento lhe paralisa.

“Às vezes é aquela pessoa impaciente, às vezes é aquela pessoa que reage de forma abrupta diante de uma situação, é aquela pessoa que fica desesperada por qualquer motivo, é aquela pessoa que chora copiosamente quando tem uma frustração, quando tem um medo, é alguma situação em particular que lhe paralisa, ali já acende o sinal vermelho que você precisa cuidar da sua saúde mental”, ressaltou.

O profissional de saúde finalizou explicando que tais situações não é uma regra. Ele disse que é preciso verificar se existe indícios dos casos citados e falou que é necessário trabalhar de forma preventiva, procurando sempre se cuidar. “Eu preciso ver se alguma dessas situações existe e prevenir”, pontuou.

DIÁRIO DO SERTÃO

PEDEM ESFORÇO COLETIVO

VÍDEO: Agentes de endemias fazem alertas para evitar surto de dengue, zika e chikungunya em Cajazeiras

DE VOLTA AO SERTÃO

VÍDEO: Na região de Pombal, governador visita e entrega obras antes da plenária do Orçamento Democrático

EM INVESTIGAÇÃO

VÍDEO: PRF emite nota de esclarecimento sobre homem que morreu dentro de porta-malas em Sergipe

RISCO DE EPIDEMIA

VÍDEO: Médico intensivista faz alerta sobre possíveis casos de dengue hemorrágica e explica sintomas

Recomendado pelo Google: