header top bar

section content

Locutora chega ao hospital de Cajazeiras com suspeita de Guillain Barré, após infecção do Zika Vírus. Confira!

Ano passado, quatro casos cajazeirenses foram acometidos pela síndrome em Cajazeiras

Por Luzia de Sousa

25/04/2016 às 11h35 • atualizado em 27/04/2016 às 11h33

Ela estava internada no hospital de Cajazeiras

Deu entrada no Hospital Regional de Cajazeiras nessa sexta-feira (22), a locutora da cidade de Conceição, Sertão do estado, Cleidiana Rodrigues Furtado, 28 anos, suspeita de estar acometida da síndrome de Guillain Barré, doença que pode ser provocada após infecção do Zika Vírus.

A jovem reside atualmente em Cajazeiras e trabalha na Rádio Centro. Segundo informações chegadas a reportagem do Diário do Sertão, a profissional da imprensa se sentiu mal e foi socorrida para Unidade de Pronto Atendimento, mas devido a suspeita da síndrome foi encaminhada para o HRC.

As informações dão conta que Cleidiana sofreu um desmaio e se queixava de fortes dores no peito, além de reclamar que não estava sentindo um lado do corpo.

No HRC foi colhido o líquido para ser encaminhado para diagnosticar a doença, mas até o momento, a equipe médica trabalha com a suspeita de Guillain Barré, nada confirmado.

Cleidiana segue internada no hospital e está sendo assistida pela equipe médica até a chegada do resultado do exame, que é realizado fora de Cajazeiras. Ela teria sido diagnosticada com zika vírus anteriormente. É o primeiro caso da síndrome este ano.

Veja também:

?Mais um caso da doença que matou cajazeirense é registrado na PB; Ela teve primeiro a Zika Vírus. Vídeo

?Cajazeiras registra somente este ano quatro casos da Guillain Barré; Uma pessoa morreu

Confirmados
Ano passado, quatro casos cajazeirenses foram acometidos pela síndrome, e uma delas, a escrivã da Policia Civil Lucilene Galdino foi a óbito.

Causas da doença
O Ministério da Saúde confirmou que a infecção pelo Zika Vírus pode provocar também à Síndrome de Guillain-barré. No Brasil, a ocorrência de síndromes neurológicas relacionadas ao vírus Zika foi confirmada após investigações da Universidade Federal de Pernambuco, a partir da identificação do vírus em amostra de seis pacientes com sintomas neurológicos com histórico de doença exantemática. Deste total, quatro foram confirmadas com doença de Guillain-barré.

Na síndrome de Guillain-Barré, o sistema imunológico de uma pessoa, que é responsável pela defesa do corpo contra organismos invasores, começa a atacar os próprios nervos, danificando-os gravemente.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VISTANDO SUA TERRA NATAL

Heron Cid defende centro universitário em Marizópolis e ponto de intersecção entre Sousa e Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

Hospital Universitário de Cajazeiras passa a oferecer novos serviços para a população do Alto Sertão

REVOLTA

VÍDEO: ‘Só quem odeia Lula o quer preso, como se ele fosse um bandido perigoso’, diz jornalista

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio