header top bar

section content

VÍDEO: ‘Lampião do Sertão’ morre aos 70 anos em São João do Rio do Peixe; assista entrevista histórica

Laudemiro Fernandes começou a se interessar pela história do cangaceiro Virgulino Ferreira, o ‘Rei do Cangaço’, aos 14 anos de idade, quando ouvia as histórias contadas pela avó

Por José Dias Neto

06/03/2022 às 01h00 • atualizado em 06/03/2022 às 01h01

A cidade de São João do Rio do Peixe está de luto. Faleceu na noite deste sábado (05), Laudemiro Fernandes de Almeida, 70 anos, mais conhecido como ‘Lampião do Sertão’, personagem folclórico na região do Rio do Peixe, sertão da Paraíba. A informação foi confirmada ao Diário do Sertão, por um dos cuidadores do idoso.

Acometido por sérios problemas de saúde ao longo dos últimos anos, ‘Lampião do Sertão’ estava em sua residência quando sentiu-se mal, por volta das 18h. Os cuidadores acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e quando a equipe chegou ao local, na rua da Praça da Matriz de São João do Rio do Peixe constatou, o óbito do idoso.

A causa morte de ‘Lampião do Sertão’ foi um infarto fulminante, segundo um cuidador informou ao Diário do Sertão, por telefone.

Em janeiro de 2021, Laudemiro Fernandes teve uma perna amputada por complicações da diabetes e desde aquela época, e por conta da pandemia, estava impossibilitado de realizar a maioria de suas atividades rotineiras.

Laudemiro Fernandes de Almeida, 70 anos, mais conhecido como ‘Lampião do Sertão’. Foto: Reprodução / TV Globo

A morte de ‘Lampião do Sertão’ abalou a região sertaneja. Laudemiro Fernandes começou a se interessar pela história do cangaceiro Virgulino Ferreira, o ‘Rei do Cangaço’, aos 14 anos de idade, quando ouvia as histórias contadas pela avó. Vestido a caráter, ‘Lampião do Sertão’ sempre foi apaixonado pela história do cangaço e como católico-nordestino, era devoto do padre Cícero Romão, do Juazeiro do Norte. (No vídeo acima, reveja reportagem da afiliada da Rede Globo na Paraíba sobre o ‘Lampião do Sertão’)

VELÓRIO E SEPULTAMENTO

Antes de morrer, há dez anos atrás, em 2012, Laudemiro Fernandes, com apoio de um advogado de confiança, deixou um testamento especificando como queria que fosse seu velório e sepultamento. Seguindo padrão dos antepassados, ‘Lampião do Sertão’ disse que queria ser enterrado em uma rede e não em um caixão como de costume, em sua fazenda, numa cova debaixo de um juazeiro, localizado no sítio Olho D’água, na zona rural de São João do Rio do Peixe. Outra exigência, era que antes do sepultamento fosse realizada uma cantoria com repentistas da região.

Laudemiro Fernandes de Almeida, 70 anos, mais conhecido como ‘Lampião do Sertão’. Foto: Reprodução / TV Globo

Fazendo valer o desejo do ‘Lampião do Sertão’, a família realiza o velório na fazenda do sítio Olha D’água e neste domingo (06) ocorrerá uma cantoria com a dupla de repentistas Chico Genezio e João Bosco. Após a apresentação cultural, será realizado o sepultamento, no local escolhido em vida, pelo próprio sertanejo.

VEJA MAIS: 

Globo conta história de Lampião do Sertão, que revela estar à procura da Maria Bonita

O velório e sepultamento são abertos ao público.

DIÁRIO DO SERTÃO

ELEIÇÕES 2022

VÍDEO: Durante coletiva, Chico Mendes anuncia recuperação da PB 400 e fala sobre saúde em Cajazeiras

IMUNIZANTES

VÍDEO: Referência em imunizantes, Clínica Imunne oferece vacina contra a Dengue no Ceará e em Cajazeiras

PRESTAÇÃO DE CONTAS

VÍDEO: Presidente da Câmara de Vereadores destaca obras em Cajazeiras e garante construção da nova sede

ACOMPANHANDO OS CASOS

VÍDEO: Secretaria de Saúde da PB alerta Cajazeiras e Sousa ao pedir busca ativa de casos de tuberculose

Recomendado pelo Google: