header top bar

section content

VÍDEO: Professor diz quando o 5G deve chegar no Sertão e alerta: “vamos ter que comprar outro aparelho”

O professor da UFPB lembrou também que as câmaras de vereadores das cidades devem agilizar as mudanças necessárias na "Lei Geral das Antenas", porque a rede só funciona nos municípios em concordância com esta Lei

Por Luiz Adriano

05/07/2022 às 19h11 • atualizado em 05/07/2022 às 19h16

O professor Edmar Gurjão, engenheiro da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em participação no programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão na edição desta terça-feira (05), falou sobre a chegada do sinal 5G no Brasil e consequentemente na Paraíba. Ele lembrou a previsão da chegada ao Sertão do Estado.

Edmar falou que no cronograma da Anatel está programado para que no segundo semestre de 2023 o sinal 5G chegue em cidades como Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras.

Segundo o profissional, com a chegada da rede em Brasília que está marcada para esta quarta-feira (06), as probabilidades dos cronogramas serem cumpridos, aumentam.

Imagem ilustrativa – reprodução/internet.

BENEFÍCIOS DO 5G

O professor destacou que o acesso com o 5G será muito mais rápido e as pessoas poderão acessar dentro de seu carro ou em qualquer outro lugar, com a mesma rapidez da internet de fibra por exemplo.

MUDAR DE APARELHO

“Infelizmente nós vamos ter que comprar outro aparelho”, disse o professor que assegurou que apenas alguns celulares estão habilitados para usar o novo sinal.

LEI MUNICIPAL

Conforme o professor Edmar Gurjão, para que o sinal 5G seja instalado em uma cidade, é preciso haver a modificação na ‘Lei Geral das Antenas’. Segundo ele, todas as cidades têm uma lei que diz onde e como as antenas devem ser instaladas. “É bom cobrar celeridade das câmaras de vereadores, para que essa lei seja aprovada, porque o sinal só pode funcionar depois que essa lei estiver aprovada na cidade”, ressaltou.

ESTREIA NO BRASIL

Nesta quarta-feira (06) o sinal 5G chegará em Brasília. João Pessoa está entre as próximas capitais que receberão a rede. As demais são: São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre. Entretanto, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), ainda não divulgou as datas para implantação em tais capitais.

DIÁRIO DO SERTÃO

ABSURDO

VÍDEO: Em 11 dias do Censo 2022 na Paraíba, recenseadores são assaltados e um dos casos é no Sertão

PARABÉNS

VÍDEO: Madeirart’s é escolhida a melhor marcenaria de Cajazeiras pela pesquisa Os Melhores do Ano

CÂMARA DE VEREADORES DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Na estreia, programa Câmara em Ação recebe Eriberto Maciel e destaca projetos e concurso

AINDA FALTA

VÍDEO: Ex-chefe da SUDEMA defende construção de terceiro eixo da transposição para o Vale do Piancó

Recomendado pelo Google: