header top bar

section content

EM SOUSA: vítima contrata advogado para soltar homem que tentou lhe matar, juíz concorda e os dois saem abraçados de audiência

O julgamento tratava do caso envolvendo a vítima Sebastião Felizardo que no dia 22 de agosto de 2017 foi esfaqueado várias vezes pelo popular Hugo Ferreira da Paixão

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

01/02/2018 às 10h20 • atualizado em 01/02/2018 às 10h24

Um caso inusitado aconteceu durante uma audiência nesta terça-feira (23) no Fórum Dr. José Mariz na cidade de Sousa quando o réu foi perdoado pela vítima e os dois saíram abraçados ao final do julgamento.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SOUSA

O julgamento tratava do caso envolvendo a vítima Sebastião Felizardo Pereira, de 39 anos que no dia 22 de agosto de 2017 que foi esfaqueado várias vezes pelo popular Hugo Ferreira da Paixão. De acordo com a PM, vítima e acusado trabalhavam como flanelinhas e o crime teria sido motivado por disputa de área de estacionamento. Hugo foi preso em flagrante momentos depois pela polícia.

Mesmo ferido, Sebastião correu para dentro da igreja católica Bom Jesus, que fica no centro da cidade, para pedir socorro. Ele recebeu atendimento do SAMU e em seguida foi encaminhado ao Hospital Regional de Sousa (HRS) onde ficou internado quatro dias na UTI. Ainda no hospital, Sebastião recebeu visitas de um grupo de evangélicos e teria afirmado que ao sair do hospital iria mudar de vida.

Acusado e a vítima se abraçaram após a audiência (foto: Diário do Sertão)

Relembre: Depois de sofrer facada, homem corre para dentro de igreja na cidade de Sousa

Vítima contrata advogado
Sebastião recebeu alta do hospital, e foi procurar o advogado João Hélio e afirmou que queria contratá-lo para soltar Hugo que já estava há cinco meses preso na Colônia Penal Agrícola do Sertão em Sousa.

“Nunca guardei mágoa em meu coração, temos que perdoar de coração, não para mostrar à ninguém e sim para Deus que perdoa nossos pecados todos os dias”, disse Sebastião.

Acusado, vítima e o advogado João Hélio (foto: Diário do Sertão)

Em entrevista ao Diário do Sertão, o advogado João afirmou que ficou surpreso ao ser contratado por Sebastião para soltar o homem que praticou o crime:

“Ele me disse que eu advogasse para Hugo, eu estranhei, é uma situação de um perdão efetivo. Ao chegar na cadeia, fui falar para Hugo que eu ia ser o advogado dele e que quem me contratou foi Sebastião, e foi um momento emocionante, Hugo baixou a cabeça e começou a chorar”, disse o advogado.

Calçada da Fé
O advogado trabalha com um projeto social “Calçada da Fé” para ajudar os moradores de rua, levando alimentação, roupas e a palavra de Deus para essas pessoas. Ele realiza momentos de oração e louvores na própria casa buscando reflexão espiritual através da bíblia.

Sebastião e Hugo participaram de culto evangélico na cada do advogado (foto: DS)

Nesta terça-feira (30) Sebastião e Hugo participaram da Calçada da Fé e contaram seus testemunhos para centenas de pessoas que estavam presentes.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador