header top bar

section content

EM SOUSA! Bebê morre após parto de gêmeos e família acusa hospital de negligência. VÍDEO!

Familiares informaram que a adolescente chegou ao Hospital Materno Infantil em trabalho de parto, mas houve demora no atendimento médico

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

05/05/2018 às 13h31 • atualizado em 05/05/2018 às 16h24

Mais uma denúncia grave envolvendo o Hospital Materno Infantil na cidade de Sousa está gerando revolta nas redes sociais. A adolescente Raquel Ribeiro, de 16 anos, que estava grávida de gêmeos, perdeu um dos bebês durante o parto e a família está acusando o hospital de negligência.

Familiares informaram que Raquel Ribeiro, grávida de nove meses, chegou ao Hospital Materno Infantil às 5h da sexta-feira (04) já em trabalho de parto, mas houve demora no atendimento. A médica insistiu em fazer o parto normal, só depois de muito tempo outra equipe médica optou por uma cesariana, mas, um dos bebê teve uma parada cardíaca após o nascimento e veio a óbito.

A reportagem do Diário do Sertão conversou com Daniel Ribeiro, que é pai de Raquel e ele falou sobre o caso: “Minha filha chegou ao hospital sentindo dores, tentaram fazer o parto dela normal, mas ela não tinha condições. Por negligência da médica, um dos bebês faleceu. É um descaso na saúde pública, é uma fatalidade”, disse.

Raquel e o bebê que sobreviveu permanecem internados no Materno Infantil. A jovem mora na cidade de Aparecida e deve receber alta neste domingo (06).

Adolescente estava grávida de gêmeos, mas, um dos bebes veio a óbito (foto: arquivo familiar)

Outro lado
Procurados pela reportagem do Diário do Sertão, a direção do Hospital Materno Infantil disse que ainda não tomou conhecimento do caso, e irá se pronunciar nesta segunda-feira (07), onde lançará nota a imprensa.  O espaço fica aberto para que a coordenação preste esclarecimentos.

Caso injeção
O hospital se envolveu em outra polêmica recentemente. Um caso envolvendo uma criança de apenas nove meses está gerando revolta dos internautas nas redes sociais. Os pais denunciaram que uma profissional de enfermagem do Hospital Materno Infantil que cuidava do bebê errou na aplicação da injeção. A profissional de enfermagem teria aplicado uma injeção em local errado provocando o edema na nádega. Relembre o caso AQUI.

Veja mais: bebê passa por cirurgia na Capital para corrigir erro do Hospital Regional de Sousa

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

SUCESSO

VÍDEO: Mensagem Empresarial mostra história de um dos maiores empresários e empreendedores de Cajazeiras

EMOCIONANTE

VÍDEO:Em documentário especial, Xeque Mate mostra realidade de famílias que moram no Lixão de Cajazeiras

ENTRE PÚBLICO E PRIVADO

VÍDEO: Empresário revela que quase foi candidato a prefeito de Cajazeiras e explica por que recusou

VÍDEO

Sindicatos batem martelo e definem novo salário dos comerciários de Cajazeiras para 2019-2020